Notícias

quinta-feira, 11 julho, 2019 às 16:36 | Atualizado em: 17 julho, 2019 às 15:24

Conheça a campanha “Um Dia no Parque”

Programação da Chapada Diamantina inclui cursos e passeios


Redação Flora


Visitar uma Unidade de Conservação é conectar-se com a natureza, com a história e cultura de um povo. No Brasil, mais de duas mil UCs ajudam a proteger a rica biodiversidade e a história do país, e a campanha Um Dia no Parque, realizada pela Coalizão Pró UCs, quer celebrar as Unidades de Conservação ao incentivar a visitação a estas áreas. Em 2019, a campanha vai ser realizada no dia 21 de julho em Unidades de Conservação em todo o país, com inúmeras atividades especiais para que você estreite seu laço com a natureza.

PROGRAMAÇÃO NA CHAPADA DIAMANTINA


É claro que a Chapada Diamantina não poderia estar de fora e irá oferecer atividades em diversos atrativos. Veja abaixo:

  1. Parque Municipal da Muritiba
    Atividade 1: Minicurso História Natural da Chapada Diamantina
    Palestrante: Rodrigo Valle Cezar, da Caminhos do Brasil 
    Público-alvo: moradores e turistas do entorno do PNCD
    Data: 21 de Julho
    Realização: Associação Geoparque Serra do Sincorá (AGS)
    Vagas limitadas e mediante inscrição2. Parque Municipal da Muritiba
    Atividade 2: Observação de aves
    Facilitadores: Adriana Caribé Nunes Marques e Alan Cerqueira Moura
    Público-alvo: moradores de Lençóis e entorno e turistas.
    Data: 20 e 21 de Julho
    Vagas limitadas e mediante inscrição3. Sitio Arqueológico Serra das Paridas
    Atividade 3: Minicurso Educação Patrimonial, com visita à Serra das Paridas e produção artesanal
    Palestrante: Sirlene Rosa
    Público-alvo: moradores e turistas do entorno do PNCD
    Data: 20 e 21 de Julho
    Realização: Associação Geoparque Serra do Sincorá (AGS)
    Vagas limitadas e mediante inscrição4. Parque Nacional da Chapada Diamantina (Ribeirão do Meio)
    Atividade 4: VISITA TÉCNICA – potencialidade da trilha do Ribeirão do Meio como espaço de lazer e contato com a natureza.
    Público-alvo: condutores, guias e brigadistas de Lençóis e ambulantes do Ribeirão do Meio
    Local: Ribeirão do Meio – Lençóis
    Data: 21 de julho Início: 9h, encontro no inicio da trilha.
    Duração: 3 horas
    Realização: Marcela de Marins, Parque Nacional da Chapada Diamantina, Associação Comercial e Empresarial de Lençóis (ACEL) e Brigada Voluntária de Lençóis – BVL
    Vagas limitadas e mediante inscrição5. Parque Nacional da Chapada Diamantina (Ribeirão do Meio)
    Atividade 5: Manejo da trilha do Ribeirão do Meio – intervenção em trecho erodido da trilha visando a minimização de impactos
    Público-alvo: todos os interessados
    Local: Ribeirão do Meio
    Data: 21 de julho
    Início: 9h, encontro no inicio da trilha.
    Duração: 4 horas
    Realização: Marcela de Marins, Parque Nacional da Chapada Diamantina, Associação Comercial e Empresarial de Lençóis (ACEL) e Brigada Voluntária de Lençóis – BVL
    Vagas limitadas e mediante inscrição

    6. Passeio Especial
    Parceiro: Agência Nas Alturas
    Atividade: passeio com pessoa com mobilidade reduzida para o Ribeirão do Meio
    Realização: ACEL e Agência de Turismo Nas Alturas

BENEFÍCIOS DO CONTATO COM A NATUREZA
O contato com o meio ambiente desde a primeira infância pode trazer benefícios físicos, mentais e emocionais, pois estimula os sentidos, aguça a curiosidade e desperta na criança a paixão e respeito pelos bens naturais. Para as crianças, é uma oportunidade de aprendizado sobre a vida selvagem, preservação e história. Para os adultos, o contato com a natureza pode promover a criatividade, além de colaborar com a melhora da saúde mental e do corpo por meio de atividades físicas e contemplação da natureza.

Alto do Morro do Pai Inácio | Foto: acervo

Além disso, o turismo em Unidades de Conservação contribui também com a economia local e nacional. Os visitantes gastaram, em 2017, cerca de R$ 2 bilhões nos municípios do entorno das UCs, gerando cerca de 80 mil empregos. Todos os setores ligados ao ecoturismo são beneficiados, como o hoteleiro, de alimentação, transporte, além do comércio em geral.
Leia também: Chapada Diamantina com crianças

O Brasil é o país com a maior biodiversidade do mundo, ou seja, nas Unidades de Conservação você encontra uma variedade inacreditável de aves, mamíferos, plantas, anfíbios, árvores. Assim que você colocar os pés em uma das mais de 2 mil Unidades de Conservação brasileiras, vai se apaixonar pelos sons, cores, sensações e pelas paisagens impressionantes.
variedade de biomas no Brasil proporciona uma diversidade única de possibilidades de atividades e para todos os gostos. Não importa se você gosta de calor, frio, praia, montanha, ciclismo, mergulho, banho de cachoeira ou observação de aves, há uma Unidade de Conservação que oferece exatamente a aventura que você busca.

O QUE É UMA UNIDADE DE CONSERVAÇÃO
No país com a maior biodiversidade do mundo, o patrimônio natural é protegido por meio de Unidades de Conservação. São áreas legalmente instituídas pelo governo federal, estadual ou municipal como espaços para proteger e conservar espécies da fauna, da flora, polinizadores, nascentes e lugares de beleza cênica.
As Unidades de Conservação são divididas em dois grupos: as de Proteção Integral e as de Uso Sustentável. As de Proteção Integral permitem o uso somente indireto de seus recursos naturais, como o ecoturismo e pesquisa. Já as de Uso Sustentável admitem a presença de moradores e o uso de recursos naturais de forma racional e de acordo com regras previamente estabelecidas.
Leia também: O que é um Parque Nacional



Mais redes sociais:

Conte pra nós

O que você gostaria de fazer na Chapada Diamantina?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

Previsão
do tempo