Notícias

domingo, 11 fevereiro, 2018 às 12:02 | Atualizado em: 11 fevereiro, 2018 às 14:54

Paula Varejão fala sobre os cafés da Chapada Diamantina

Em entrevista exclusiva, a apresentadora comenta as gravações do programa Tá na Hora do Café!


Thais de Albuquerque


Paula Varejão é apresentadora da série Tá na Hora do Café, do canal Globosat, que mostra o universo da segunda bebida mais consumida no mundo. Passando pelos cafezais e nas melhores cafeterias do Brasil, a série mostra a relação das pessoas com o café. Paula Varejão e sua equipe estiveram na Chapada Diamantina há poucos dias, gravando com produtores e baristas, além de visitar cafeterias e atrativos turísticos.

Em entrevista exclusiva, saiba qual a opinião da apresentadora sobre os cafés especiais da região e sua experiência turística na Chapada Diamantina.

GCD: O que te fez escolher a Chapada Diamantina para integrar a próxima temporada do programa?
Paula: A Chapada Diamantina é um destino perfeito porque reúne belíssimas paisagens e um dos melhores cafés do mundo.
A segunda temporada do Tá na Hora do Café terá um episódio em cada lugar do planeta, sendo apenas um episódio no Brasil. Dentre todas as opções possíveis no país escolhemos a Chapada, justamente pelo local apresentar essa junção perfeita entre belas imagens, boas histórias e um excelente café!

Conheça a rota turística dos cafés especiais de Piatã.

GCD: Quais atrativos você visitou? 
Paula: Visitamos o Morro do Pai Inácio em Palmeiras; a Cachoeira da Fumaça e Riachinho, no Vale do Capão; os caldeirões do Serrano, em Lençóis; e alguns lugares interessantes de Piatã, como o Restaurante Pé de Serra e as pinturas rupestres numa Lapa da Serra do Gentil, que compõe o Cartão Postal dos 3 morros.

Engraçado que esse último passeio não estava previso, paramos lá para nos proteger da chuva e acabou sendo uma experiência incrível já que a Lapa tem uma vista linda para a pedra que na ocasião apresentava várias cachoeiras. Uma prova de como a Chapada é surpreendente!

Conheça os atrativos de cada cidade!

Paula no Morro do Pai Inácio. Foto: Instagram @paulavarejao

 

Gravação na Cachoeira da Fumaça. Foto: Instagram @paulavarejao

 

Caldeirões do Serrano. Foto: Instagram @paulavarejao

GCD: Qual deles você mais gostou?
Paula: Difícil dizer. A experiência na Cachoeira da Fumaça foi muito legal, mas o melhor mesmo foram as pessoas. Fomos recebidos com muito carinho e isso foi o que fez da experiência inesquecível.

Ao lado de Rodolfo Moreno, presidente da Coopiatã e produtor do Moreno Café. Foto: @paulaohdo 

Foi ótimo experimentar uma moqueca de Palmito de Jaca feita pela Janice, ao som da sanfona do Stefano na cafeteria Terroá, e participar de um ensaio do bloco “café de litro”, em Piatã!

GCD: Quais pessoas ligadas ao café você entrevistou?
Paula: Entrevistamos o Leo Bittner, do Terroá Cafés Especiais e da cafeteria Terroá, no Vale do Capão; e em Piatã estivemos com o Sr. Antônio Rigno e família, o único cafeicultor do mundo 3 vezes campeão do Cup of Excellence, além do pessoal da CaféTur, que nos ensinou como fazer um bom café na trilha ou em uma lapa, o que foi o nosso caso.

Paula Varejão em visita aos produtores do Café Rigno. Foto: Instagram @cafeteriarigno

 

Paula e Lucas, da Cafetur, fazendo um bom café na trilha. Foto: @paulaohdo 

 

Cenas dos bastidores, em Piatã. Foto: @paulaohdo 

GCD: Qual a sua opinião sobre o café da Chapada e os roteiros turísticos? Café e natureza são uma boa combinação?
Paula: O café de Piatã realmente vem despontando como um dos melhores do Brasil e do mundo. Nas minhas viagens vi ele ser oferecido em algumas das mais renomadas cafeterias do planeta, como a Market Lane, em Melbourne – Austrália, por exemplo.
Esse sabor frutado único junto uma uma geografia totalmente imponente e peculiar fazem desse passeio algo realmente marcante.

Além disso, a cafeteria Terroá, no Vale do Capão, é uma das mais aconchegantes que já visitei. O ambiente aberto, com jardim com árvores e mesas de madeira complementam a experiência de se tomar um bom café. Na minha opinião, uma boa cafeteria precisa ter um grãos selecionados de origem, torra fresca, ambiente acolhedor e boa hospitalidade. Eles tiram 10 em todos os quesitos! Além disso, a Serena, esposa do Leo, arrasa nos quitutes e na simpatia. As filhinhas deles são uma gracinha e lá você se sente em casa!

Paula na cafeteria Terroá. Foto: Instagram @paulavarejao

“Foi um grande prazer receber alguém que viajou pelo Brasil inteiro na primeira temporada e agora, na segunda temporada, após passar por diversos países, escolheu a Chapada para fechar os programas. O café da Chapada realmente surpreende. Acho que ninguém espera encontrar cafés com tanta qualidade aqui no meio do mato (risos). Isso mostra que estamos no caminho certo.” comenta Léo Bittner, do Terroá Cafés Especiais.

A segunda temporada do programa Tá na Hora do Café vai ao ar a partir do dia 13 de março, no Mais Globosat (canal 44 da Net), sempre às terças 22h30.


  • Acesse também
    Guia Lençóis

    notícias atualizadas
    semanalmente com
    conteúdos exclusivos.

    Visite
  • Compre o
    Guia Impresso

    Compre aqui e receba em
    casa seu guia com 204
    páginas + pôster com
    mapas!

    Comprar
  • Baixe agora!
    É grátis

    Smartphones
    e tablets

    IOS e ANDROID

    Experimente
  • Loja
    Virtual

    Produtos exclusivos
    da Chapada Diamantina.

    PARA TODO O BRASIL

    Visite

Mais redes sociais:

Conte pra nós

O que você gostaria de fazer na Chapada Diamantina?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

Previsão
do tempo