Atrativos por cidade

Monte o seu roteiro para a Chapada Diamantina!

São dezenas de atrativos naturais que garantem diversão para todas as idades.Veja abaixo os principais atrativos, divididos por cidade.

Guia-Chapada-Diamantina-Atrativos-Andarai

Marimbus: Esta área alagadiça é mais ampla do lado de Andaraí, com dezenas de lagoas, como a do Baiano, maior do minipantanal, com o cenário perfeito para praticar stand up e acesso direto pela Fazenda Marimbus. Visitantes de qualquer idade ou condição física, inclusive cadeirantes e pessoas que não sabem nadar, podem desfrutar do atrativo de forma tranquila e segura.

Marimbus, Andaraí e Lençóis/BA. Foto: Tom Alves | www.tomalves.com.br

Marimbus, Andaraí e Lençóis/BA. Foto: Tom Alves | www.tomalves.com.br


Cachoeira do Ramalho: Com 90 metros de queda livre, é um dos atrativos mais majestosos do município. O passeio pode ser combinado com visita ao Poço do Fervedor.

Cachoeira do Ramalho, Andaraí/BA. Foto: Açony Santos | www.acony.com.br

Cachoeira do Ramalho, Andaraí/BA. Foto: Açony Santos | www.acony.com.br


Cachoeira das Três Barras I, dos Cristais e Bequinho: O início da trilha para essas cachoeiras fica a 30 km do centro de cidade de Andaraí. Após 1h30 de caminhada moderada, com trecho pelo leito do rio e descida íngreme, chega-se à Cachoeira das Três Barras, que apresenta um lindo visual e excelente poço para banho. Mais 20 minutos de trilha leva à Cachoeira dos Cristais, com 110m de altura. Segundo o guia de turismo Joaab Rocha, ela tem esse nome por conta do brilho do quartzito na luz do sol, revelado quando o nível da água está mais baixo.

Cafézinho na Cachoeira das Três Barras, Andaraí/BA. Foto: Caiã Pires | www.be.net/caiapires

Cafezinho na Cachoeira das Três Barras, Andaraí/BA. Foto: Caiã Pires | www.be.net/caiapires

Cachoeira dos Cristais, Andaraí/BA. Foto: Thalison Ribeiro

Cachoeira dos Cristais, Andaraí/BA. Foto: Thalison Ribeiro

Cachoeira do Bequinho, Andaraí/BA. Foto: Caiã Pires | www.be.net/caiapires

Cachoeira do Bequinho, Andaraí/BA. Foto: Caiã Pires | www.be.net/caiapires


Cachoeira das Três Barras II e Cachoeira do Bocório: Roteiro de subida e descida na serra. Saindo do centro da cidade, atravessa-se a Ponte Fernando Azevedo, que dá acesso à Capela de Nossa Senhora Aparecida. Primeiro, chega-se à Cachoeira do Bocório. Caminhando mais 40 minutos, está a das Três Barras II. A trilha é repleta de campos rupestres e proporciona contato com a fauna e a flora locais.

Cachoeira das Três Barras II e Cachoeira do Bocório, Andaraí/BA. Foto: André Badega

Cachoeira das Três Barras II e Cachoeira do Bocório, Andaraí/BA. Foto: André Badega


Cachoeira da Rosinha: Partindo do centro da cidade de Andaraí em direção a Mucugê, esta cachoeira é um atrativo primoroso. Após cerca de 7 km, há uma pequena estrada ao lado direito, numa curva na BA-142. O local conta com estacionamento de onde começa a caminhada pelo leito do Rio Piabas. Ao longo do caminho, é possível visualizar os cânions do Vale do Pati e desfrutar de deliciosos banhos em poços, como o Poço da Judite, e ainda contemplar enormes formações rochosas, que impressionam pela sua beleza. O passeio pode ser combinado com a Cachoeira da Favela.

Cachoeira da Rosinha, Andaraí/BA. Foto: Julio Mansur

Cachoeira da Rosinha, Andaraí/BA. Foto: Julio Mansur


Cachoeira da Favela (ou Segredo): Do local, é possível avistar o Cânion do Paraguaçu, a estrada de pedras de Igatu e enormes blocos de rocha espalhados por todo o leito do rio. A partir desta cachoeira, pode-se também conhecer a Cachoeira da Rosinha (ver acima), seguindo pelo leito do Rio Piabas por cerca de 1h.

Cachoeira da Favela (ou Segredo), Andaraí/BA. Foto: Igatu Escalada Trekking

Cachoeira da Favela (ou Segredo), Andaraí/BA. Foto: Igatu Escalada Trekking


Balneário do Rio Paraguaçu: A dez minutos de carro de Andaraí, as praias chapadenses oferecem banhos em águas rasas e tranquilas. Para quem gosta de caminhar, o passeio pode ser combinado com a Cachoeira Donana.

Balneário do Rio Paraguaçu, Andaraí/BA. Foto: Thaís de Albuquerque | www.be.net/thalbuquerque

Balneário do Rio Paraguaçu, Andaraí/BA. Foto: Thaís de Albuquerque | www.be.net/thalbuquerque


Gruta da Paixão: O nome se refere à família guardiã da gruta. Atualmente o senhor João Paixão é quem administra o local e é um dos guias que conduz os visitantes pelos salões da caverna. É possível combinar a visita a este atrativo com o Poço Azul.

Gruta da Paixão, Andaraí/BA. Foto: Branco Pires

Gruta da Paixão, Andaraí/BA. Foto: Branco Pires


Roncador: Com diversos caldeirões naturais de hidromassagem, o Rio Roncador pode ser visitado de bicicleta ou de quadriciclo, o que torna o passeio ainda mais emocionante!

Caldeirões naturais do Roncador | Foto: Caiã Pires

Caldeirões naturais do Roncador | Foto: Caiã Pires


Cachoeira da Invernada: Com uma queda d’ água de 60 metros de altura, também apresenta pinturas rupestres na trilha de acesso.

Cachoeira da Invernada, em Andaraí | Foto: Tom Alves

Cachoeira da Invernada, em Andaraí| Foto: Tom Alves


Cachoeira da Roncadeira: Uma bela cachoeira, com queda d’água de 80 metros altura.

Cachoeira da Roncadeira, em Andaraí | Foto: Tom Alves

Cachoeira da Roncadeira, em Andaraí| Foto: Tom Alves


Cachoeira do Herculano: Magnífica queda d’agua de, aproximadamente, 100 metros de altura.

Cachoeira do Herculano, em Andaraí | Foto: Orlando Bernadino

Cachoeira do Herculano, em Andaraí| Foto: Orlando Bernadino


Cachoeira do Bom Jardim: Com queda d’água de quase 80 metros, tem uma trilha de fácil acesso, que dura, em média, 1h30 de caminhada. Acima dela, está a famosa Pedra do Camelo, formação rochosa esculpida pela natureza.

Cachoeira do Bom Jardim, em Andaraí| Foto: Açony Santos

Cachoeira do Bom Jardim, em Andaraí| Foto: Açony Santos

Guia-Chapada-Diamantina-Saiba-Mais-Andarai

 

Guia-Chapada-Diamantina-Atrativos-Igatu
Rampa do Caim: 
A trilha de acesso ao atrativo já foi rota para antigos garimpeiros e dura cerca de duas horas de caminhada. Da rampa, é possível ter uma das vistas mais espetaculares do Vale do Pati e do Rio Paraguaçu.

Rampa do Caim, Igatu - Andaraí/BA. Foto: Tom Alves | www.tomalves.com.br

Rampa do Caim, Igatu – Andaraí/BA. Foto: Tom Alves | www.tomalves.com.br


Cachoeira dos Pombos, do Córrego e do Meio: Situados ao redor do perímetro urbano de Igatu são atrativos de fácil acesso, recomendado para todos os visitantes.

Cachoeira dos Pombos, Igatu/BA. Foto: Açony Santos | www.acony.com.br

Cachoeira dos Pombos, Igatu/BA. Foto: Açony Santos | www.acony.com.br

Cachoeira do Córrego do Meio, Igatu - Andaraí/BA. Foto: Dmitri de Igatu | www.dmitrideigatu.blogspot.com.br

Cachoeira do Córrego do Meio, Igatu – Andaraí/BA. Foto: Dmitri de Igatu | www.dmitrideigatu.blogspot.com.br


Cachoeira da Califórnia: A Cachoeira da Califórnia é uma confluência de rochas com uma queda d’agua de dez metros, em que é possível desfrutar de um delicioso banho. Ao longo do leito do rio, pode-se observar a beleza do arenito cor de rosa.

Cachoeira da Califórnia, Igatu - Andaraí/BA. Foto: Dmitri de Igatu | www.dmitrideigatu.blogspot.com.br

Cachoeira da Califórnia, Igatu – Andaraí/BA. Foto: Dmitri de Igatu | www.dmitrideigatu.blogspot.com.br


Mina Brejo-Verruga: A antiga mina de exploração de diamantes foi reaberta manualmente pelos garimpeiros do distrito para receber turistas. Durante a visita, eles próprios apresentam um pouco da história do ofício na região, incluindo ferramentas específicas e uma curiosa instalação artística: no salão principal, sob a luz de velas, estão expostas esculturas representando os homens que trabalhavam no local. A obra foi produzida pelos próprios garimpeiros sob a direção do artista plástico Marcos Zacaríades, morador de Igatu. Na entrada da gruna – local onde foram feitas as escavações – ainda há um poço para banho.

Mina Brejo-Verruga, Igatu - Andaraí/BA. Foto: Dmitri de Igatu | www.dmitrideigatu.blogspot.com.br

Mina Brejo-Verruga, Igatu – Andaraí/BA. Foto: Dmitri de Igatu | www.dmitrideigatu.blogspot.com.br


Cachoeira do Vitorino: É uma das cachoeiras mais procuradas pra quem visita a Vila de Igatu.

Cachoeira do Vitorino, em Igatu | Foto: Igatu Escalada Trekking

Cachoeira do Vitorino, em Igatu | Foto: Igatu Escalada Trekking

Guia-Chapada-Diamantina-Saiba-Mais-Igatu

 

Guia-Chapada-Diamantina-Atrativos-Ibicoara
Cachoeira do Buracão: Localizada no Parque Natural do Espalhado, é uma das cachoeiras mais incríveis da região. Seus 85 m de queda d’água e imenso cânion emoldurado por pedras folhadas se encontram em um caudaloso poço. Para ter acesso ao local, é necessário estar acompanhado por um guia de turismo do município.

Cachoeira do Buracão, Ibicoara/BA. Foto: Tom Alves | www.tomalves.com.br

Cachoeira do Buracão, Ibicoara/BA. Foto: Tom Alves | www.tomalves.com.br


Cachoeira da Fumacinha: O esforço físico para visitar uma das mais imponentes cachoeiras da região é recompensado pelos seus 100 m de queda d’água unidos a uma bela trilha com cânions de até 280 m de altura, poços e cachoeiras.

Cachoeira da Fumacinha, em Ibicoara | Apesar deste atrativo geopoliticamente pertencer a Mucugê, o seu principal acesso é pela cidade de Ibicoara | Foto: Alex Uchôa

Cachoeira da Fumacinha, em Ibicoara | Apesar deste atrativo geopoliticamente pertencer a Mucugê, o seu principal acesso é pela cidade de Ibicoara | Foto: Alex Uchôa


Cachoeira do Licuri: Situada no Vale do Campo Redondo, tem 73 m de queda d’água. Na trilha, é possível passar por outras cachoeiras. O passeio pode ser finalizado com uma visita ao paredão de pinturas rupestres da comunidade da Raposa, que fica em Iramaia, município próximo a Ibicoara ou a Cachoeira das Raízes, com mais 1 h de caminhada subindo o rio.

Cachoeira do Licuri, Ibicoara/BA. Foto: Márcio Cabral | www.pbase.com/marciocabral

Cachoeira do Licuri, Ibicoara/BA. Foto: Márcio Cabral | www.pbase.com/marciocabral

Guia-Chapada-Diamantina-Saiba-Mais-Ibicoara

 

Guia-Chapada-Diamantina-Atrativos-Lencois

Parque Municipal da Muritiba (Serrano, Salões de Areia, Poço Halley, Cachoeirinha e Primavera): A poucos minutos do centro da cidade, o Parque inclui cachoeiras, poços e até salões de areia colorida. É um ótimo circuito para toda a família. O Serrano, por exemplo, oferece “caldeirões” para banho, com direito à hidromassagem natural, além de uma bela vista da cidade, que fica ainda mais encantadora durante o pôr do sol. Nas proximidades, é possível visitar o Poço Halley, a Cachoeirinha e a Cachoeira da Primavera.

Serrano, Lençóis/BA. Foto: Branco Pires

Serrano, Lençóis/BA. Foto: Branco Pires

Poço Halley, Lençóis/BA. Foto: Açony Santos | www.acony.com.br

Poço Halley, Lençóis/BA. Foto: Açony Santos | www.acony.com.br

Cachoeirinha, Lençóis/BA. Foto: Caiã Pires | www.be.net/caiapires

Cachoeirinha, Lençóis/BA. Foto: Caiã Pires | www.be.net/caiapires

Cachoeira da Primavera, Lençóis/BA. Foto: Açony Santos | www.acony.com.br

Cachoeira da Primavera, Lençóis/BA. Foto: Açony Santos | www.acony.com.br


Ribeirão do Meio: Situado no leito do Rio Ribeirão, é um atrativo de fácil acesso para quem está na cidade. Com grande poço e um tobogã natural, é ideal para nadar e se divertir.

Ribeirão do Meio, Lençóis/BA. Foto: Açony Santos | www.acony.com.br

Ribeirão do Meio, Lençóis/BA. Foto: Açony Santos | www.acony.com.br


Cachoeira do Sossego: Localizada a 4 km acima do Ribeirão do Meio, tem cerca de 20 metros de queda d’água. Parte da caminhada percorre o leito do rio com trechos sobre pedras e muitas paradas para banho.  Por ser uma trilha avançada, recomenda-se visitar a cachoeira nos últimos dias da sua estadia na Chapada.

Cachoeira do Sossego, Lençóis/BA. Foto: Açony Santos | www.acony.com.br

Cachoeira do Sossego, Lençóis/BA. Foto: Açony Santos | www.acony.com.br


Complexo Arqueológico Serra das Paridas: Formado por 18 sítios arqueológicos, o Complexo dispõe de quatro áreas para visitação com várias pinturas rupestres, que representam pessoas, animais e figuras geométricas bastante curiosas, como o desenho que lembra um extraterrestre, considerado o mascote do local. A origem do nome tem três versões: provavelmente se refere à pintura de uma mulher grávida de cócoras ou às vacas que costumavam parir no local, segundo os fazendeiros. Já os antigos moradores chamam o lugar de Serra das Guaribas. Para conhecer este atrativo, é preciso estar acompanhado por um guia de turismo com certificado específico. O passeio pode ser combinado com a Cachoeira do Mosquito e outros passeios de meio período.

Complexo Arqueológico Serra das Paridas, Lençóis/BA. Foto: Caiã Pires | www.be.net/caiapires

Complexo Arqueológico Serra das Paridas, Lençóis/BA. Foto: Caiã Pires | www.be.net/caiapires


Cachoeira do Mosquito: Situada no Complexo Turístico Fazenda Santo Antônio, seu nome faz alusão aos pequenos diamantes, chamados mosquitos, que eram encontrados no local. Existe acesso de carro até a parte superior, seguido por uma pequena trilha. O espaço é um dos únicos da Chapada Diamantina com acessibilidade para cadeirantes, que podem avistar a cachoeira a partir de um mirante. Para ter acesso ao lugar, é preciso comprar antecipadamente um voucher; adquirido nas agências de turismo da cidade, ou pagar a taxa de entrada diretamente no complexo.

Cachoeira do Mosquito, Lençóis/BA. Foto: Caiã Pires | www.be.net/caiapires

Cachoeira do Mosquito, Lençóis/BA. Foto: Caiã Pires | www.be.net/caiapires


Rio Mucugezinho e Poço do Diabo: É possível conhecer os dois atrativos no mesmo passeio. O Rio Mucugezinho dá origem a diversos poços, sendo, um dos destaques, o Poço do Diabo, com 20 metros de queda d’água.  O local é apropriado para nadar, praticar tirolesa e rapel.

Mucugezinho, Lençóis/BA. Foto: Branco Pires

Mucugezinho, Lençóis/BA. Foto: Branco Pires

Poço do Diabo, Lençóis/BA. Foto: Branco Pires

Poço do Diabo, Lençóis/BA. Foto: Branco Pires


Marimbus de Lençóis: Considerado o pantanal do semiárido baiano, suas águas calmas estão repletas de plantas aquáticas e peixes, com um cenário por onde transitam muitas borboletas e aves. O percurso é feito de canoa ou caiaque, sendo recomendado para todas as idades. São duas opções: saindo de Lençóis e de Andaraí. Para os mais aventureiros, também existe a possibilidade de praticar stand up (SUP).

Marimbus, Andaraí e Lençóis/BA. Foto: Tom Alves | www.tomalves.com.br

Marimbus, Andaraí e Lençóis/BA. Foto: Tom Alves | www.tomalves.com.br


Cachoeira do Mixila: São 80 metros de queda d’água em um extraordinário cânion esverdeado com diversos poços para banho. Devido à longa caminhada, é recomendado acampar no local. Na mesma trilha, é possível conhecer a Cachoeira do Capivari e a do Poção. O passeio pode ser combinado com a Cachoeira do Palmital (3 dias) ou Cachoeira das Lajes e do Samuel (4 a 5 dias). Não é indicado fazer esta trilha em época de muita chuva.

Cachoeira do Mixila, Lençóis/BA. Foto: Açony Santos | www.acony.com.br

Cachoeira do Mixila, Lençóis/BA. Foto: Açony Santos | www.acony.com.br


Gruta do Lapão: Diferente da maioria das cavernas da Chapada, que são formadas por calcário, esta é uma das maiores grutas de quartzito no país. Para atravessar todo o seu interior leva cerca de 2 horas de caminhada, sendo que na parte final é possível se refrescar nas pequenas cachoeiras do rio Lapão. No local também é possível praticar o rapel, com quase 50 m de altura, no estilo “negativo” (sem o apoio dos pés) e o Bungee Jumping.

Rapel na Gruta do Lapão, em Lençóis | Foto: Acervo Nas Alturas

Rapel na Gruta do Lapão, em Lençóis | Foto: Acervo Nas Alturas

 

Guia-Chapada-Diamantina-Atrativos-Mucuge

Parque Municipal de Mucugê, Projeto Sempre-Viva e Rio Tiburtino: Situado no Parque Municipal de Mucugê, o Projeto Sempre-Viva foi criado para proteger essa espécie de planta herbácea ameaçada de extinção. No local, estão expostas diversas flores, com destaque para um buquê coletado em 1999, intacto e que ainda abre e fecha de acordo com o clima. O Parque é considerado a principal atração do município, com opções de turismo pedagógico, cultural e de aventura. Nele é possível conhecer um trecho da Estrada Real, visitar o Museu Vivo do Garimpo e aproveitar o Rio Tiburtino, de acesso rápido e fácil, que oferece rapel e tirolesa.

Projeto Sempre-Viva, Mucugê/BA. Foto: Thaís de Albuquerque | www.be.net/thalbuquerque

Projeto Sempre-Viva, Mucugê/BA. Foto: Thaís de Albuquerque | www.be.net/thalbuquerque

Rio Tiburtino, Mucugê/BA. Foto: Açony Santos | www.acony.com.br

Rio Tiburtino, Mucugê/BA. Foto: Açony Santos | www.acony.com.br


Cachoeira dos Funis, das Andorinhas e Cânion das Sete Quedas: Em apenas um roteiro é possível visitar os três atrativos. O primeiro é a Cachoeira dos Funis. Em seguida, percorre-se o Cânion das Sete Quedas d’água, e por último, chega-se à Cachoeira das Andorinhas, que oferece hidromassagem natural.

Cachoeira do Funil, Mucugê/BA. Foto: Caiã Pires | www.be.net/caiapires

Cachoeira do Funil, Mucugê/BA. Foto: Caiã Pires | www.be.net/caiapires

Cachoeira das Andorinhas, Mucugê/BA. Foto: Caiã Pires | www.be.net/caiapires

Cachoeira das Andorinhas, Mucugê/BA. Foto: Caiã Pires | www.be.net/caiapires


Mar de Espanha e Cachoeira da Sibéria: Os atrativos ficam situados em um velho garimpo, com antigas habitações. O acesso é realizado de carro ou bicicleta até as margens do Mar de Espanha, um grande lago, onde é possível fazer a primeira parada para contemplação e banho de rio. Depois, segue-se por uma trilha até a Cachoeira da Sibéria, com vários poços para banho.

Mar de Espanha, Mucugê/BA. Foto: Thalison Ribeiro

Mar de Espanha, Mucugê/BA. Foto: Thalison Ribeiro


Cachoeira do Cardoso: A queda d’água de poucos metros forma um agradável poço para banho e reserva um lugar aconchegante para descanso e contemplação. De acesso fácil e próximo à cidade, é um passeio recomendado para todas as idades. No caminho, o visitante pode apreciar as vistas para os vales dos rios Mucugê e Cumbucas.

Cachoeira do Cardoso, Mucugê/BA. Foto: Thalison Ribeiro

Cachoeira do Cardoso, Mucugê/BA. Foto: Thalison Ribeiro

Guia-Chapada-Diamantina-Saiba-Mais-Mucuge

 

Guia-Chapada-Diamantina-Atrativos-Palmeiras

Morro do Pai Inácio: Ao lado da BR-242 (no km 345), o cartão-postal da Chapada chega aos 1.150 metros de altitude. Com uma vista fascinante, de onde se observa morros famosos, como o do Camelo e os Três Irmãos, ao lado de um jardim repleto de bromélias, orquídeas e outras espécies de plantas, tem o pôr do sol mais famoso da região.

Vista do Morro do Pai Inário, Palmeiras/BA. Foto: Açony Santos | www.acony.com.br

Vista do Morro do Pai Inário, Palmeiras/BA. Foto: Açony Santos | www.acony.com.br


Pinturas Rupestres da Serra Negra: O roteiro parte de Palmeiras às 9h por 10 km de estrada de chão até o sítio de pinturas no Povoado da Serra Negra. Oito painéis podem ser visitados. Durante o trajeto, que é conduzido pelo museólogo Naum Bandeira, há bancos para paradas e observação detalhada das representações, que incluem imagens antropomorfas, zoomorfas e figuras geométricas. O passeio termina às 12h, podendo ser combinado com visita à comunidade Conceição dos Gatos ou outras cachoeiras do Capão.

Pinturas Rupestres da Serra Negra, Palmeiras/BA. Foto: Naum Bandeira

Pinturas Rupestres da Serra Negra, Palmeiras/BA. Foto: Naum Bandeira

Guia-Chapada-Diamantina-Saiba-Mais-Palmeiras

 

Guia-Chapada-Diamantina-Atrativos-Vale-do-Capao

Cachoeira da Fumaça: Uma das maiores do país e da América do Sul, impressiona os visitantes pelo seu imenso paredão e queda d’água de quase 400 metros de altura. O nome se refere ao efeito provocado pela força dos vento, que impede a água de chegar à base, formando uma espécie de fumaça com as gotículas que são borrifadas para cima.

Cachoeira da Fumaça, Vale do Capão - Palmeiras/BA. Foto: Açony Santos | www.acony.com.br

Cachoeira da Fumaça, Vale do Capão – Palmeiras/BA. Foto: Açony Santos | www.acony.com.br


Cachoeira das Águas Claras com vista para o Morrão: No sopé do Morrão, um dos mais imponentes morros da Chapada, o poço Águas Claras apresenta uma pequena cachoeira de águas cristalinas e poço para banho. A maior parte da caminhada é feita em terreno plano com vista para os imponentes morros que compõem o cenário cartão-postal da Chapada, os mesmos observados do topo do Pai Inácio.

Trecho da trilha das Águas Claras com vista para o Morrão, Vale do Capão - Palmeiras/BA. Foto: Tom Alves | www.tomalves.com.br

Trecho da trilha das Águas Claras com vista para o Morrão, Vale do Capão – Palmeiras/BA. Foto: Tom Alves | www.tomalves.com.br


Cachoeira do Riachinho: Localizada na estrada que liga a vila do Capão ao município de Palmeiras, está a bela cachoeira de 12 m de altura e um poço com trilha calçada de fácil acesso.  O atrativo integra a unidade de conservação Parque Natural Municipal do Riachinho.

Cachoeira do Riachinho, Vale do Capão - Palmeiras/BA. Foto: Caiã Pires | www.be.net/caiapires

Cachoeira do Riachinho, Vale do Capão – Palmeiras/BA. Foto: Caiã Pires | www.be.net/caiapires


Cachoeira da Purificação e Angélica: A caminhada leva cerca de 1h a partir do Povoado do Bomba, onde fica a entrada da trilha. O trajeto é feito no interior do Vale do Capão e parte dele é percorrido às margens do rio que forma as Cachoeiras da Angélica e da Purificação, esta última, principal destino do passeio. Para quem pretende renovar as energias, é um lugar ideal!

Cachoeira da Purificação, Vale do Capão - Palmeiras/BA. Foto: Açony Santos | www.acony.com.br

Cachoeira da Purificação, Vale do Capão – Palmeiras/BA. Foto: Açony Santos | www.acony.com.br


Poço do Gavião: O Poço do Gavião tem mais de 100 m de extensão e pequenas quedas d’água. Na caminhada, que dura 2h, há uma vista incrível para o Morrão, um dos atrativos mais famosos da Chapada, além de diversas espécies de orquídeas, bromélias e plantas nativas.

Poço do Gavião, Vale do Capão - Palmeiras/BA. Foto: Hugo Lima

Poço do Gavião, Vale do Capão – Palmeiras/BA. Foto: Hugo Lima


Cachoeira do Rio Preto e das Rodas: Caminha-se uma hora e meia para chegar até a Cachoeira do Rio Preto, local com uma piscina natural de 50 m de extensão. No caminho de volta, está a Cachoeira das Rodas, com piscinas naturais e vista para um cânion.

Cachoeira das Rodas, Vale do Capão - Palmeiras/BA. Foto: Açony Santos | www.acony.com.br

Cachoeira das Rodas, Vale do Capão – Palmeiras/BA. Foto: Açony Santos | www.acony.com.br

Guia-Chapada-Diamantina-Saiba-Mais-Vale-do-Capao

 

Guia-Chapada-Diamantina-Atrativos-Conceicao-dos-Gatos

Situado a cerca de 10 km do Vale do Capão, Conceição dos Gatos é um vilarejo de Palmeiras que está começando a ganhar fama entre os turistas. Seu cenário natural, repleto de serras e com uma flora exuberante, é propício para fazer trilhas, conhecer cachoeiras e a comunidade local, que oferece boas opções de comida caseira, servida nas casas dos moradores.

São três principais atrativos: a Cachoeira de Baixo, de Cima ou Boa Vista e o Poço das Cobras, além de trilhas para o Morrão e as Águas Claras.

A Cachoeira de Baixo, a 2km da praça central, em torno de 1h de caminhada leve, que beira o leito do Rio Conceição e desemboca numa pequena queda d’água;

A Cachoeira de Cima ou Boa Vista, que pode ser apreciada através de uma trilha aberta e outra que passa por uma propriedade particular (ao custo de R$ 2,50 por pessoa, em torno de 600 m de distância e 10 min de caminhada), com um refrescante córrego criado na época do garimpo para desviar água para a exploração de minérios e uma queda de mais de 60 m, que permite a prática de escalada;

E o Poço das Cobras, que fica logo acima dessa, cerca de 20min, passando por pedras e por dentro d’água – apesar do nome excêntrico e de seus 40m de extensão, não apresenta perigo.

Cachoeira de Baixo, Conceição dos Gatos - Palmeiras/BA. Foto: Marcelo Issa

Cachoeira de Baixo, Conceição dos Gatos – Palmeiras/BA. Foto: Marcelo Issa

Cachoeira de Cima ou Boa Vista, Conceição dos Gatos - Palmeiras/BA. Foto: Verusa Pinho | www.flickr.com/verusa

Cachoeira de Cima ou Boa Vista, Conceição dos Gatos – Palmeiras/BA. Foto: Verusa Pinho | www.flickr.com/verusa

Poço das Cobras, Conceição dos Gatos - Palmeiras/BA. Foto: Marcelo Issa

Poço das Cobras, Conceição dos Gatos – Palmeiras/BA. Foto: Marcelo Issa

Guia-Chapada-Diamantina-Saiba-Mais-Conceicao-dos-Gatos

 

Guia-Chapada-Diamantina-Atrativos-Rio-de-Contas

Pico das Almas, do Itobira e APA Serra do Barbado: Com 1.970 metros de altitude, o Pico do Itobira é o segundo mais alto do Nordeste. Do seu topo, descortina-se uma das mais belas paisagens dos Gerais de Mucugê. O Pico das Almas, por sua vez, tem 1.958 m acima do nível do mar, sendo o terceiro colocado na região. Sua riqueza botânica atrai estudiosos de diversas partes do mundo, É no sopé desse monte que nasce o Rio Brumado, fonte da Cachoeira do Fraga, que forma várias quedas d’água, sendo a maior delas de 20 m.  Com 2.033 metros de altitude, a Serra do Barbado é uma área de proteção ambiental que engloba seis municípios, dentre eles, Rio de Contas. O patrimônio natural dos três picos são considerados verdadeiros santuários ecológicos.

Pico das Almas, Rio de Contas/BA. Foto: Dmitri de Igatu | www.dmitrideigatu.blogspot.com.br

Pico das Almas, Rio de Contas/BA. Foto: Dmitri de Igatu | www.dmitrideigatu.blogspot.com.br

Pico do Itobira, Rio de Contas/BA. Foto: Tom Alves | www.tomalves.com.br

Pico do Itobira, Rio de Contas/BA. Foto: Tom Alves | www.tomalves.com.br

Serra do Barbado, Rio de Contas/BA. Foto: Dmitri de Igatu | www.dmitrideigatu.blogspot.com.br

Serra do Barbado, Rio de Contas/BA. Foto: Dmitri de Igatu | www.dmitrideigatu.blogspot.com.br


Estrada Real: Uma vida de pedestres, calçada com lajes de pedra, construída em 1726 pelos escravos, liga Rio de Contas a Livramento. A Estrada Real remonta ao período áureo da exploração de minérios na região, quando foi construída para escoar o ouro até a capital, rumo à Europa. No seu percurso, é possível tomar banho na Cachoeira do Raposo e contemplar a beleza da garganta da Cachoeira do Rio Brumado.

Caminho da Estrada Real, Rio de Contas/BA. Foto: Caiã Pires | www.be.net/caiapires

Caminho da Estrada Real, Rio de Contas/BA. Foto: Caiã Pires | www.be.net/caiapires

Caminho da Estrada Real, Rio de Contas/BA. Foto: Caiã Pires | www.be.net/caiapires

Caminho da Estrada Real, Rio de Contas/BA. Foto: Caiã Pires | www.be.net/caiapires


Cachoeira do Fraga: Localizada a apenas 5 min de carro da saída do município, em direção à Livramento de Nossa Senhora, é o principal cartão-postal da cidade. Formada pelo Rio Brumado, possui três grandes quedas d’água e poços ótimos para o banho.

Cachoeira do Fraga, Rio de Contas/BA. Foto: Caiã Pires | www.be.net/caiapires

Cachoeira do Fraga, Rio de Contas/BA. Foto: Caiã Pires | www.be.net/caiapires


Cachoeira do Jiló e Poço Preto: Formada por pequenas corredeiras d’água, para chegar até a Cachoeira do Jiló, o visitante conhece também o Poço Preto.

Cachoeira do Jiló, Rio de Contas/BA. Foto: Ecotrilhas

Cachoeira do Jiló, Rio de Contas/BA. Foto: Ecotrilhas


Poço das Andorinhas: O nome se refere às andorinhas, pequenas aves comuns na Chapada, que habitam o lugar. Na trilha, há vários poços e pequenas cachoeiras de água cristalina. O passeio pode ser combinado com a visita ao Rio da Água Suja.

Poço das Andorinhas, Rio de Contas/BA. Foto: Ecotrilhas

Poço das Andorinhas, Rio de Contas/BA. Foto: Ecotrilhas

Guia-Chapada-Diamantina-Saiba-Mais-Rio-de-Contas

 

Guia-Chapada-Diamantina-Atrativos-Iraquara

Pratinha: Rio e gruta com águas cristalinas onde é possível fazer diversas atividades como flutuação, tirolesa, pedalinho e caiaque.

Pratinha, Iraquara/BA. Foto: Açony Santos | www.acony.com.br

Pratinha, Iraquara/BA. Foto: Açony Santos | www.acony.com.br


Gruta da Torrinha: É uma das cavernas do Brasil e da América do Sul com maior diversidade de espeleotemas, formações típicas conhecidas como estalactites (originadas do teto) e estalagmites (do solo). O seu diferencial está nas formações raras, como a agulha de gipsita, uma das maiores do mundo com 65 cm, e a flor de aragonita, uma bola de cristal rodeada por agulhas. É o universo perfeito para quem nunca entrou em uma caverna, bem como para quem é especialista no assunto.

Gruta da Torrinha, Iraquara/BA. Foto: Tom Alves | www.tomalves.com.br

Gruta da Torrinha, Iraquara/BA. Foto: Tom Alves | www.tomalves.com.br


Gruta da Fumaça: Considerada uma das cavernas mais completas da região quanto às formações geológicas, é pequena e ideal para visitantes idosos e crianças. Está localizada a 100 metros da rodovia BA-122.

Gruta da Fumaça, Iraquara/BA. Foto: Zentur

Gruta da Fumaça, Iraquara/BA. Foto: Zentur


Gruta da Lapa Doce: Cenário de filmes, reportagens e novelas, é a segunda maior caverna topografada do Brasil, com 42 km. Privilegiada pela grande concentração de espeleotemas, surpreende pela grandiosidade de seus 72 m de altura. Nas formações, estão imagens intrigantes, que lembram animais e cenários místicos.

Gruta da Lapa Doce, Iraquara/BA. Foto: Açony Santos | www.acony.com.br

Gruta da Lapa Doce, Iraquara/BA. Foto: Açony Santos | www.acony.com.br

 

Guia-Chapada-Diamantina-Atrativos-Itaete

Poço Encantado: Com 110 metros de comprimento, 70 de largura e pouco mais de 60 metros de profundidade, suas águas são tão cristalinas que é difícil perceber onde o meio aquático começa. Não é permitido fazer flutuação.

Época e horário para ver o raio: abril a setembro, das 10h às 13h30.

Tempo de permanência no atrativo: máx. 15 min. na baixa e alta temporada

Poço Encantado, Itaetê/BA. Foto: Alex Uchôa | www.alexuchoa.com

Poço Encantado, Itaetê/BA. Foto: Alex Uchôa | www.alexuchoa.com


Cachoeira Encantada: O acesso à surpreendente queda d’água de 230 m de altura pode ser feito de duas formas: por baixo e por cima, com a possibilidade de dormir no local. Nas duas opções, avistam-se cânions de até 400 m, animais silvestres, como macacos, além de pinturas rupestres.

Cachoeira Encantada, Itaetê/BA. Foto: Alex Uchôa | www.alexuchoa.com

Cachoeira Encantada, Itaetê/BA. Foto: Alex Uchôa | www.alexuchoa.com


Gruta da Lapa do Bode: Caverna constituída por diversas galerias longitudinais e transversais, que dão origem a um impressionante labirinto. Suas formações rochosas são belíssimas e estão situadas às margens do Rio Una, afluente do Paraguaçu.

Lapa do Bode, Itaetê/BA. Foto: Tom Alves | www.tomalves.com.br

Lapa do Bode, Itaetê/BA. Foto: Tom Alves | www.tomalves.com.br

 

Guia-Chapada-Diamantina-Atrativos-Nova-Redencao

Poço Azul: A gruta com água cristalina é uma das atrações mais singulares da Chapada Diamantina pela sua combinação de belezas, como a transparência da água, o incrível reflexo azul do céu e os seus mais de 20 metros de profundidade. A possibilidade de realizar flutuação torna a experiência ainda mais inesquecível!

Época e horário para ver o raio: fevereiro a outubro, das 12h30 às 14h.

Tempo de permanência no atrativo: baixa temporada – até 30 min | alta temporada – até 20 min

Poço Azul, Nova Redenção/BA. Foto: Branco Pires

Poço Azul, Nova Redenção/BA. Foto: Branco Pires

 

Guia-Chapada-Diamantina-Atrativos-Morro-do-Chapeu

Cachoeira do Ferro Doido: Com quatro quedas d’água, a cachoeira tem um imenso cânion que ultrapassa os 100 m de altura. Seu acesso se dá pela BA-052, conhecida como Estrada do Feijão, no km 254. Orquídeas, a águia chilena e o famoso beija-flor conhecido como colibri-dourado são encontrados no local. O roteiro também está incluso no Centro Integrado de Estudos Geológicos do Serviço Geológico do Brasil, sendo bastante visitado por pesquisadores.

Cachoeira do Ferro Doido, Morro do Chapéu/BA. Foto: Rodrigo Galvão

Cachoeira do Ferro Doido, Morro do Chapéu/BA. Foto: Rodrigo Galvão


Gruta dos Brejões: Detentora da segunda maior boca de caverna do Brasil, com mais de 10 m de altura e quase 8 km de extensão já mapeados, a Gruta dos Brejões é um importante sítio paleontológico e arqueológico, além de ser bastante visitada por romeiros, por sua conotação religiosa. É possível ter acesso à gruta apenas com automóvel 4×4 e acompanhado por um guia de turismo local.

Gruta dos Brejões, Morro do Chapéu/BA. Foto: Rodrigo Galvão

Gruta dos Brejões, Morro do Chapéu/BA. Foto: Rodrigo Galvão

Guia-Chapada-Diamantina-Saiba-Mais-Morro-do-Chapeu

 

Foto de Destaque: Cachoeira do Ramalho, em Andaraí | Foto: Alex Uchôa


  • Acesse também
    Guia Lençóis

    notícias atualizadas
    semanalmente com
    conteúdos exclusivos.

    Visite
  • Compre o
    Guia Impresso

    Compre aqui e receba em
    casa seu guia com 204
    páginas + pôster com
    mapas!

    Comprar
  • Baixe agora!
    É grátis

    Smartphones
    e tablets

    IOS e ANDROID

    Experimente
  • Loja
    Virtual

    Produtos exclusivos
    da Chapada Diamantina.

    PARA TODO O BRASIL

    Visite

Mais redes sociais:

Conte pra nós

O que você gostaria de fazer na Chapada Diamantina?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

Previsão
do tempo