Notícias

Mulheres na política unidas pelo turismo na Chapada Diamantina

Da Redação – 09 de março de 2023

Neste Dia Internacional das Mulheres entrevistamos gestoras públicas para saber sobre opinião e o papel delas com o turismo em seus atuais cargos.

A presença da mulher é minoritária tanto na Política quanto no Turismo. Tomadas de decisão feitas por mulheres podem gerar melhores condições de vida e trabalho, especialmente em uma região turística como a Chapada Diamantina.

Neste Dia Internacional das Mulheres, entrevistamos personalidades eleitas democraticamente como gestoras públicas para saber sobre a avaliação e opinião delas sobre o papel e a responsabilidade que elas assumem hoje em dia em seus cargos.

Ouvimos as prefeitas de Lençóis, Mucugê, Morro do Chapéu e Nova Redenção e uma deputada estadual representante da Chapada Diamantina para saber:

Na sua opinião, o fato de uma mulher estar liderando as tomadas de decisão na política faz a diferença na sensibilidade com que os turistas são acolhidos na sua cidade?


Prefeita de Lençóis

Vanessa Senna, 43 anos, filiada ao Partido Social Democrático (PSD), exerce o cargo de prefeita de Lençóis desde 2021.

“Acredito que, todo esforço das mulheres gestoras para desenvolver projetos no município deve estar atento às particularidades locais. A ampla participação de mulheres e também de homens com o intuito de melhorar é o que faz a diferença no acolhimento e no desenvolvimento de um destino turístico como nossa cidade. Temos nos empenhado para melhorar a imagem pública desse destino turístico mas começando com a melhoria nas condições de vida das famílias mais fragilizadas, muitas delas lideradas por mulheres”.

Prefeita de Mucugê

Ana Hora Olímpia Medrado, 73 anos, filiada ao partido União Brasil (UB) acumula em sua trajetória política cinco mandatos, sendo um como vice-prefeita, em 1981, e quatro como prefeita.

“Na minha opinião, uma gestora deve ser prioritariamente alguém que goste de gente e trabalhe para gente, que se dedique, se envolva para que possa ser canal pelo qual  as soluções possam jorrar, como o próprio leite materno, de forma natural e missionária.  Ao longo da história, ao falarmos de mulheres, automaticamente, traçamos um paralelo com doação, de amor, de tempo, de vida e isso, tantas vezes enaltecido, deve ser uma referência no nosso executar,  nas nossas casas, nas nossas cidades e no ofício da política. A busca pelo bem do coletivo em detrimento do individual e, acima de tudo, uma relação de gratidão e amor aos que nos confiaram suas vidas e seu futuro. Cada um que caminha por Mucugê encontra essa pertença, esse amor, tão familiar e próximo, algo que revela a todos Mucugê e os encantos contidos em mais esse mágico pedacinho da Chapada”.

Prefeita de Nova Redenção

Guilma Gottschall Soares, 56 anos, filiada ao Partido dos Trabalhadores (PT), exerce o cargo de prefeita de Nova Redenção desde 2017.

“Sim! Nós mulheres temos buscado ocupar espaços políticos com responsabilidade, temos sensibilidade de enxergar determinados detalhes no dia a dia de nossa gente e cuidamos com muita responsabilidade da gestão pública. Tenha certeza que entendemos que o turismo é fonte geradora de emprego e renda, e com isso buscamos com muito esmero e carinho nos capacitar e capacitar nosso povo a receber bem os visitantes. Então o olhar da mulher no meu entendimento é mais cuidadoso e preocupação com o bem-estar social de quem vem para cá e de quem vive aqui. É uma cooperação”.

Prefeita de Morro do Chapéu

Juliana Araujo, 41 anos, filiada ao Partido Liberal (PL), exerce o cargo de prefeita desde 2021.

“A mulher é sensível por natureza e essa característica faz com tenhamos uma visão diferenciada que envolve todo cenário de uma administração pública. Estamos atentas ao cuidado. Cuidado com as pessoas, cuidado com a natureza. Acredito que este é um diferencial incrível. Mas também passamos por muitas provações. Nascer mulher é ter que atestar a capacidade dia-a-dia. Não é um cenário favorável, mas nós somos guerreiras e não desistimos nunca!”.

Deputada da Chapada Diamantina

Ivana Bastos, 58 anos, deputada estadual pelo PSD, exerce o quarto mandato parlamentar desde 2010.

“Tenho sido representante da Chapada Diamantina na Assembleia Legislativa com muito orgulho. Estamos levando mais investimentos para a região através do Governo da Bahia e dos Governos Municipais da região. Foram mais de R$220 milhões em recursos para a realização de obras de infraestrutura, na saúde, na segurança pública com a garantia dos recursos para a construção de complexos policiais, novos voos comerciais, tudo transversal ao Turismo. Todo esse trabalho na Assembleia Legislativa da Bahia fortalece e contribui para melhorar a qualidade de vida da população, especialmente das mulheres que trabalham no turismo e que ajudam a fortalecer esse reconhecimento da Chapada Diamantina como o melhor destino turístico do Brasil em 2023. A presença dessas mulheres está na política e nos mais variados segmentos de turismo”.

Que possamos reconhecer todos os dias o valor da contribuição feminina na construção de uma Chapada Diamantina para todas!



Publicidade
Publicidade
error: Content is protected !!