No norte da Chapada Diamantina, os jesuítas chegaram e logo avistaram um monte em forma de chapéu. Assim surgiu o nome da cidade que apresenta um rico acervo cultural e natural, com cachoeiras, sítios arqueológicos e cavernas. A cidade se destaca por ter uma das maiores concentrações de orquídeas da Bahia e há diversas floriculturas e produtores de flores que podem ser visitadas.

Publicidade
Publicidade