Sobre a chapada

Sabores da Chapada

Raízes, grãos, folhas, muitas frutas verdes, ótimos temperos acompanhados – ou não – de carnes diversas, são os itens que formam pratos regionais, que carregam influência da tradição dos garimpeiros, além de toques da comida nordestina e tendências do mundo contemporâneo. Outra característica da culinária da Chapada é o uso de ingredientes orgânicos produzidos na região e a valorização das habilidades culinárias que são passadas de geração em geração.

Experiência gastronômica

A cena gastronômica local está cada vez mais crescente e diversifi cada, com um número expressivo de restaurantes que oferecem desde comida caseira até cozinha contemporânea, italiana, espanhola e mexicana. Há também as hamburguerias, cafeterias, tapiocarias, creperias, pizzarias, entre outras opções, sempre carregando as características e os ingredientes locais em suas receitas, a fi m de valorizar a cultura regional e promover uma experiência completa aos viajantes.

Godó de banana

Um dos pratos mais tradicionais da região, o Godó de Banana faz parte da lista de invenções gastronômicas dos garimpeiros. Nada mais é que um ensopado feito com carne de sol e banana-verde, que fi ca muito bem acompanhado com arroz, feijão, farofa e salada. É uma ótima refeição para aguentar as caminhadas pela região. 

Farofa de garimpeiro

Feita com carne de sol frita, essa farofa é bem temperada, sequinha e prensada, como uma paçoca. Uma delícia inventada pelos garimpeiros que se embrenhavam nas matas, serras e precisavam de um alimento que os sustentassem por horas e fosse conservado por dias. 

Cortado de palma

A palma é um tipo de cacto muito comum no sertão nordestino, utilizada para a alimentação do gado e também humana, principalmente nas épocas de estiagem. Acompanha pratos típicos, como o Godó de Banana. É servida refogada em pequenos cubos. 

Palmito de jaca

 A iguaria é exclusiva da região e logo cai no gosto dos turistas. Do broto da fruta verde, que quando cortado e cozido tem consistência similar ao palmito, são preparadas moquecas, substituindo o peixe e/ou o camarão pela fruta, além de recheios para diversos tipos de salgados, especialmente pastéis. No Vale do Capão e em Conceição dos Gatos, você poderá degustar essas delícias singulares.

Dica de Leitura

 Em parceria com a Flora Comunicação, o SENAC* já lançou duas publicações sobre a arte de cozinhar. São eles “Chapada Diamantina: culinária e história” (2013) e “Culinária Sustentável da Chapada Diamantina” (2015). Nas duas obras, você fi ca por dentro de receitas que, certamente, irão mudar a sua rotina na cozinha.


Galeria de fotos


Publicidade
Publicidade