Eu fui

Meire dos Reis

Meire-dos-ReisVéspera de ano novo, seis amigos, três motos, seis horas e meia de viagem e uma experiência maravilhosa que ficará registrada pra sempre em nossas memórias (em fotografias também). Foi uma viagem de apenas dois dias, mas o suficiente pra me apaixonar e querer voltar logo a Chapada. Ficamos na dúvida se seria um bom lugar pra passar reveillon, mas não deixou nada a desejar. Já na entrada da charmosíssima Lençóis, fomos muito bem recebidos pelo dono da Pousada, onde chegamos estacionamos as motos e fomos fazer a trilha pro Rebeirão do Meio, fomos também a Cachoeira da Primavera, Cachoeirinha, Salão de Areias, Poço Halley, Serrano e a noite assistimos a virada do ano na praçinha de Lençóis, pessoas acolhedoras, culinária excelente, festa, alegria e alguns amigos cansados da viagem, menos duas amigas “loucas” e Eu, que estávamos cheias de energias. No dia seguinte, visitamos o Morro do Pai Inácio, cenário indescritível! Mucugezinho, Poço do Diabo…
Ainda tivemos de brinde uma festinha particular com artistas locais. Foi mágica e inesquecível.

Publicidade
Publicidade