Notícias

Hugo Prado Neto e Lukas Kaufmann superam favoritos e vencem prólogo da Brasil Ride

O público na Vila Brasil Ride, em Mucugê, acompanhou na tarde deste último domingo (18) a abertura da sexta edição

Lukas e Hugo venceram o prólogo (Ney Evangelista- Brasil Ride)

Lukas e Hugo venceram o prólogo (Ney Evangelista- Brasil Ride)

da principal ultramaratona de MTB das Américas. Com participação de cerca de 500 ciclistas de 23 países na região da Chapada Diamantina, na Bahia, foi realizado o prólogo com 20 km em um percurso composto por areia, pedras, rios e asfalto. Enquanto na open Hugo Prado Neto e Lukas Kaufmann surpreenderam os favoritos e largaram na frente, com o tempo de 52min04, na ladies Raiza Goulão e Viviane Favery foram as melhores do dia, com 1h06min30.

Na open, a disputa foi acirrada. Apenas sete segundos separaram Hugo e Lukas dos atuais campeões, o holandês Hans Becking e o tcheco Jiri Novak. Sherman Trezza e Frederico Mariano garantiram a terceira colocação do dia, com um segundo atrás de Hans e Jiri, com 52min12. “Nosso planejamento continua o mesmo, independente de começarmos com a camisa amarela. Mesmo que na teoria essa prova não tenha definindo nada, avalio o resultado como grande surpresa, mas também como confirmação de que estamos bem preparados para atingir nossa meta de ficar entre os primeiros após os sete estágios”, destacou Hugo Prado Neto.

Apesar de não começarem a competição na frente, os defensores do título apostam em um bom resultado na segunda etapa, Rainha, entre Mucugê e Rio de Contas. “Agora, após completar os 20 km do prólogo, me sinto bem. Não sei porque, mas antes da largada me sentia muito nervoso, acima do normal. A segunda etapa será muito importante, por isso temos de relaxar o máximo possível nas próximas horas. O percurso de 147 km até Rio de Contas provavelmente será o dia mais decisivo para a definição de nossas pretensões até o fim da Brasil Ride. Pude testar o ritmo do Hans Becking, e ele o meu, ou seja, foi muito boa a resposta que demos nessa primeira corrida”, avaliou Jiri Novak.

Buscando os 120 pontos ofertados aos campeões nos rankings mundiais para tentar garantir uma vaga a mais para o Brasil na Rio 2016, Sherman e Frederico encerraram o primeiro dia confiantes. “Estamos bem satisfeitos. Estava muito quente e do meio do dia para cá esquentou muito. No prólogo, a diferença é pequena entre os líderes. Claro que ajuda na classificação geral, mas nunca é um tempo significativo. Tentamos pedalar de forma consciente. Forte, claro, mas consciente para não ter problema com a bike e jogar a prova fora no primeiro dia”, destacou Sherman.

Disputa da ladies – Três principais candidatas brasileiras a uma vaga na Olimpíada do Rio de Janeiro, Raiza Goulão,

Vivi Favery Raiza Goulão venceram a ladies (Fabio Piva - Brasil Ride)

Vivi Favery Raiza Goulão venceram a ladies (Fabio Piva – Brasil Ride)

Isabella Lacerda e Erika Gramiscelli encerraram, junto de suas duplas, nas três primeiras colocações, respectivamente. Raiza e Viviane abriram 56 segundos da dupla segunda colocada, formada por Isabella e Nina Baum, norte-americana atual campeã da categoria. Erika e sua companheira, Letícia Candido, encerraram com uma distância maior para as rivais, com o tempo de 1h13min39.

Representantes do Governo da Bahia prestigiam no evento – O prólogo foi acompanhado bem de perto pelo secretário do Trabalho e Esporte, Álvaro Gomes, e pelo diretor geral da SUDESB (Superintendência de Desportos do Estado da Bahia), Elias Dourado. Além de estarem na primeira prova do começo ao fim, ambos interagiram com os ciclistas na Finisher Zone. “O Governador Rui Costa pediu para que eu o representasse pela importância do evento e porque o governo da Bahia tem feito do esporte um instrumento de inclusão social. Desta forma, uma competição como a Brasil Ride é muito importante para incentivar o esporte, além de estimular o uso da bicicleta para as atividade de lazer e do cotidiano”, analisou Álvaro Gomes.

Elias Dourado exaltou a realização da Brasil Ride pelo sexto ano consecutivo na Chapada Diamantina. “Há vários pontos positivos de termos a maior ultramaratona de MTB das Américas na nossa casa. Primeiro porque esse é o principal evento internacional na Bahia com continuidade. É um evento absolutamente fixado em solo baiano e eu diria que já tem certidão de nascimento baiana e tudo mais. Outro aspecto é o incentivo do mountain bike na Bahia, especialmente nessa região, a partir desse evento, é muito grande. É até difícil mensurar a importância da Brasil Ride no ciclismo e sobretudo no MTB. Outro aspecto importante é o excelente impacto no turismo”, ponderou Elias Dourado.

Quem esteve todo o dia acompanhando as atividades da Brasil Ride foi o secretário nacional de Esporte de Alto Rendimento do Ministério do Esporte, Carlos Geraldo Santana de Oliveira. Ele participou do Café da Manhã dos Guarinis, na fazendo Sol Paraguassu, uma homenagem aos ciclistas que já completaram a Brasil Ride três vezes. À tarde, deu a largada do prólogo e acompanhou toda a prova ao lado do fundador do evento, Mario Roma.

Líderes após o prólogo em Mucugê

Open
1) Hugo Prado Neto/Lukas Kaufmann – 52min04
2) Hans Becking/Jiri Novak – 52min11
3) Sherman Treza de Paiva/Frederico dos Santos – 52min12

Ladies
1) Raiza Goulão / Viviane Favery – 1h06min30
2) Isabela Lacerda / Nina Baum – 1h07min26
3) Erika Gramiscelli / Letícia Candido – 1h13min39

Mista
1) Simon Gegenheimer / Nathalie Schneittel – 1h00min52
2) Alan Pedreira / Ivonne Kraft – 1h05min10
3) Marcio Ravelli / Fernanda Borella Prieto – 1h07min59

Máster
1) Bart Brentjens / Abraão Azevedo – 57min
2) Silvio Amorim / Paulo Borges Freitas – 59min20
3) Marcio May / Daniel Rogelin – 1h01min14

Grand máster
1) Dorivaldo C. de Abreu / Denio Magalhães Franco – 1h08min38
2) Heleno C. Borges / Paulo F. Vasconcelos – 1h10min09
3) Costantino Dimon / Lincoln M. Kobachuk – 1h11min24

Nelore
1) Fabio Y. Hossaki / Gerson Muhlbauer Jr. – 1h12min58
2) Cláudio Van Damme / Marcelo de Oliveira – 1h17min25
3) Fernando P. Vieira / André Aguiar – 1h27min09

Corporativa
1 Ricardo / Maurício/ Luiz – 1h14min31
2 Francisco / André / Paulo – 1h17min33
3 Alex / Antonio / Hugo – 1h17min57

Brasil Ride na TV – O canal Esporte Interativo terá programas diários com a cobertura da Brasil Ride. Confira a grade de horários. Segunda (19/10) – 16h. Terça (20/10) – 16h. Quarta (21/10) – 16h. Quinta (22/10) – 15h30. Sexta (23/10) – 15h. Sábado (24/10) – 14h. Domingo (25/10) – 10h30.

Imagens diárias disponíveis por satélite para as tvs – A sexta edição da principal ultramaratona de MTB das Américas promete ultrapassar fronteiras. Diariamente, as equipes produtoras de vídeo da Brasil Ride terão suas imagens disponibilizadas em uma sintônia de Uplink. Sempre entre 9h e 9h45 (horário de Brasília), até o dia 25 de outubro, cerca de 20 minutos das melhores imagens do dia anterior e mais entrevistas estarão disponíveis no endereço:
Satélite: NSS806
Transponder : 312.5E
Recepção: 3869-R
Sylbom Rate : 7200
Fec: 3/4
Modulação : DVB-S2 / 8PSK

Atenção : O crédito das imagens é obrigatórios para a Produtora Célula e Marcelo Machado

Confira os Guias da Brasil Ride 2015 – Nos links abaixo vc. poderá ler os guias da sexta edição da Brasil Ride, em português e em inglês.

Guia em português – http://issuu.com/brasilride/docs/guia_brasilride_2015_baixa?e=0/30698141#search

Guia em inglês – http://www.romasportsmkt.com.br/brasilride/english/default.asp?id=guia&codigo=1

Sobre a Brasil Ride – A sexta edição da Brasil Ride reunirá 500 atletas de 23 países e 18 estados brasileiros e o Distrito Federal entre os dias 17 e 24 de outubro, na Chapada Diamantina, na Bahia. Após ter classificação S2 em 2014, neste ano a prova será S1, ou seja, ofertará aos campeões das elites 120 pontos nos rankings das UCI (União Ciclística Internacional). Pontos preciosos para os brasileiros na busca por vaga na Olimpíada Rio 2016. Além da premiação em produtos por etapas, a edição terá recorde em premiação em dinheiro da modalidade no País, com cerca de R$ 70 mil em prêmios gerais e por etapas.

Vídeos da Brasil Ride – Durante o evento, uma produtora especializada disponibilizará diariamente imagens, em alta definição, para upload. Do dia 18 a 25 de outubro, sempre a partir das 9h, estarão disponíveis os up link’s para serem baixados. Para receber as informações, basta entrar em contato com a assessoria pelo e-mail [email protected].

Etapas da Brasil Ride 2015

2ª Etapa: 19 de outubro – 6h
147 km entre Mucugê e Rio de Contas
Detalhe: 3.355m acumulados de ascensão

3ª Etapa: 20 de outubro – 10h
34,5 km em Rio de Contas
Detalhe: Circuito de cross country com 5 voltas de 6,9 km

4ª Etapa: 21 de outubro – 8h
84,7 km em Rio de Contas
Detalhe: 2.156m acumulados de ascensão

5ª Etapa: 22 de outubro – 7h
94,7 km em Rio de Contas
Detalhe: 1.881m acumulados de ascensão

6ª Etapa: 23 de outubro – 6h
143,4 km entre Rio de Contas e Mucugê
Detalhe: 2.854m acumulados de ascensão

7ª Etapa: 24 de outubro – 9h
72,1 km em Mucugê
Detalhe: prova final definindo-se os campeões

A Brasil Ride 2015 é uma realização da SUDESB, Bahiatursa, Governo da Bahia e Ministério do Esporte
Patrocínio: Shimano, Trek e Caixa
Co-Patrocínio: Thule, Pearl Izumi e Oakley.
Apoios: Continental Pneus, Red Bull, GU, Muc-Off, Prefeitura de Rio de Contas
Supervisão e homologação: União Ciclística Internacional (UCI), Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC) e Federação Baiana de Ciclismo (FBC).
Organização: REC, Roma Comunicação e Prefeitura de Mucugê.

Mais informações:
Site
: http://www.BRASILRIDE.COM
Facebook: www.facebook.com/BRASILRIDE
Twitter: @brasil_ride
Instagram: @brasilride

Gustavo Coelho / Doro Jr. – Mtb 13209
E-mail
: [email protected]
Tel: 11 32855911 / Vivo: 11 9.8783-7408

Publicidade
Publicidade