Notícias

ELA- Escola Livre Audiovisual #ALDIR BLANC

Mais de 60 filmes de curta-metragens foram realizados pela 1ª Turma ELA. Live de celebração será no dia 15 de abril

A primeira turma da ELA – Escola Livre Audiovisual da Chapada Diamantina encerra suas atividades no próximo dia 15 de abril às 20h, com live de celebração, formatura da turma e exibição do longa “Longe do Paraíso”, de Orlando Senna.

“Longe do Paraíso”, de Orlando Senna.

Durante a última semana de atividades do curso, um simpósio com apresentações  de 70 obras audiovisuais desenvolvidas por 95 alunos revelou toda a potência da cena audiovisual do interior da Bahia. O evento, que se iniciou no dia 6 de abril, se encerra na sexta-feira, 09 de abril, e conta com a participação de professores e profissionais do mercado audiovisual. 

Juca Badaró- Audiovisual Que Bicho é esse

As aulas da primeira turma ELA foram iniciadas em fevereiro com a proposta de formar e qualificar a produção de conteúdos audiovisuais produzidos por mulheres, jovens, educadores e mobilizadores culturais do território da Chapada Diamantina, Chapada Velha, Irecê e Piemonte da Diamantina. Durante esse período foram produzidas 23 aulas, que contaram com a participação de 14 facilitadores, além de seis rodas de debate. Este material é livre e gratuito e pode ser encontrado no site ou no canal da Tv Uneb – Seabra no Youtube (Link: https://bit.ly/2OvB1I7

Uilame Dejan- Edição de fotos

A ELA chega em sua reta final concretizando suas metas, com uma turma diversificada. Enquanto alguns alunos estavam em busca de aperfeiçoamento, outros iniciam com a ELA sem nenhum conhecimento no audiovisual. Muitos são os relatos positivos ao promover, no interior deste sertão, acessibilidade, inclusão e capacitação, como é possível constatar no vídeo depoimento da aluna Adailza Souza, 29 anos, da comunidade Várzea do Cerco em Mulungu do Morro: ”Eu não tinha noção de luz, posições da câmera para uma foto, aplicativos para edição e com o curso da ELA eu tive a oportunidade de aprender tudo isso.” Adailza é mãe de três filhos, um de três meses, dona de casa e liderança comunitária.  

Rafael Ribeiro

O curso também chega nas comunidades indígenas, transformando quem geralmente é objeto de filmagem em diretora. O audiovisual como ferramenta de empoderamento e resistência se apresenta na obra de Edilene Payayá, 67 anos, aposentada, mas atuante e residente da cabeceira do rio Utinga: “Um território que eu enxergo com um futuro promissor, índios com suas casas, água potável, com energia, porque não? pra gente ter acesso a internet pra poder conectar com o mundo, com outras etnias”, afirma.

Sandra Balthazar

A  transferência de conhecimento que a ELA propõe não é estabelecida apenas na esfera da emissão, mas de sobremodo se concretiza na recepção, a exemplo de dona Rosália Sousa, 52 anos, moradora de Iraquara. Seus relatos apontam que ela não sabia utilizar os recursos de registro fotográfico e  de edição, mas após as aulas, conseguiu produzir um fotoclipe com o tema “Plantas que curam”, compartilhando, dessa forma, os seus saberes culturais e medicinais das ervas que ela mesma cultiva em seu quintal.

Manuella Vidal

A coordenadora político-pedagógica da ELA e professora adjunta da Uneb Campus XXIII Seabra, Gislene Moreira, destaca a relevância desta formação para o território: “O material produzido supera as nossas expectativas, refletindo em uma formação de qualidade com o uso das novas ferramentas mesmo no contexto de pandemia. Estamos muito felizes com o resultado, entendemos que isso é apenas o começo, esperamos novos atores e atrizes para a cena cultural e política como uma potência agora no audiovisual”.

Em tempos de pandemia em que o futuro é desconhecido e por hora tenebroso, a ELA busca existir e resistir, cumprindo o maior dos seus propósitos: conectar cada vez mais pessoas nesta roda. 

Maisa Anjos
Sandra Balthazar

O projeto teve apoio financeiro do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultura e da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal.

Para mais informações, entre em contato conosco.

Maiara Luane – Coordenação de Produção da ELA

[email protected]

TV Uneb Seabra: https://www.youtube.com/channel/UC5I1MDxAO73csEIwHbvR9CQ

Manuela Vidal

Publicidade
Publicidade