Notícias

Conheça as atrações do Festival de Lençóis

O Festival de Lençóis vem aí, e não só de bandas nacionalmente conhecidas é feito o evento. A participação de atrações locais é um marco do festival, que a cada edição vem valorizando esses artistas que participam da festa com diversos ritmos como forró, rock, reggae, coco, ciranda, entre outros.

Produzido e realizado pela Pau Viola, um dos principais eventos do interior da Bahia acontece de 31 de maio a 2 de junho, na Praça Horácio de Mattos, em Lençóis. O festival tem um público diário estimado em 10 mil pessoas. A cidade de Lençóis abraça o evento como um importante gerador de rendas que movimenta o trade turístico e o comércio local. Além da música, turistas brasileiros e estrangeiros são atraídos beleza natural, grutas, cachoeiras, casarios coloniais e esportes radicais praticados na região.

Confira abaixo as atrações locais que irão participar do Festival de Lençóis 2018:

Natália Cunha e Bateia de Renda

Natália Cunha e Bateia de Renda. Foto: Arquivo.

A cantora e musicista Natália Cunha atua na música há mais de 10 anos. Natural de Salvador, reside em Lençóis a 15 anos. Com repertório de influências de grandes ícones da música popular brasileira, atualmente ela realiza apresentações intimistas com voz e violão e faz shows liderando o Bateia de Renda.
O Bateia de Renda nasceu no coração da Chapada Diamantina, na cidade de Lençóis em 2016. Com formação peculiar de instrumentos como flauta, pandeiro, zabumba, violão e viola, tem repertório com releituras dos grandes clássicos da música nordestina e canções autorais que retratam a realidade da Chapada.
Para este festival, o grupo contará com a participação especial do músico e compositor Emílio Cunha, que trará grandes sucessos como “Volta na Chapada” e “ Cadê o trem”, canções já representadas pelo Bateia de Renda.

Trotta Mundo

Banda Trotta Mundo. Foto: Arquivo.

A banda Trotta Mundo irá  apresentar o repertório autoral do seu álbum recém lançado, com um cancioneiro inspirado no modo de vida nômade, misturados ao universo da cultura popular. Trazendo na mistura, a abordagem de ritmos tradicionais brasileiros, como coco, baião, arrasta pé, ciranda, assim como ritmos andinos e afro-latinos, sempre na busca de eliminar as fronteiras musicais, para dar lugar a um novo estilo para a música do mundo.

Família Grãos de Luz e Griô

Banda Grãos de Luz e Griô. Foto: Caiã Pires

A Banda Griô nasceu em 2001, criada por jovens e crianças que participavam dos cursos de formação do Ponto de Cultura Grãos de Luz e Griô, em Lençóis.
Diversas gerações de músicos que estudaram nos estúdios do Grãos, atualmente fazem parte de bandas como Rivotril, Banda Zion, Trietu Musical, Arte Final e outras.
A Banda Griô participou de todos os Festivais de Lençóis e já tocou em palcos de São Paulo, Salvador, Brasília e Espanha.
A cada ano, a banda estuda um tema gerador para criar uma aula-espetáculo, com a metodologia da pedagogia Griô, que canta, dança e conta histórias da identidade e ancestralidade do povo brasileiro. Este ano, sobe ao palco o tema “Feminismo e Equidade de Gênero”, com uma atração surpresa que vai esquentar a praça com o empoderamento da mulher negra!

Banda Zion

Banda Zion.

A banda de reggae foi criada em 1998 e é uma das mais queridas pelos moradores de Lençóis. Suas músicas autorais “O Vento”, “Aposentadoria” e “Caminhos de Pedras” são consideradas hinos da região e o repertório conta com outras músicas que levantam o público.
A Zion já participou de várias edições do Festival de Lençóis, representou junto com a Phylarmônica da cidade de Lençóis em São Paulo em um evento patrocinado pelo Ministério da Cultura, já fez apresentações em Salvador e várias cidades da Chapada Diamantina.

Programação completa
Quinta-feira (31/05)
Natália Cunha e Bateia de Renda
Àttooxxá
Saulo
Ely Pinto (Tributo a Raul Seixas)
Sexta-feira (01/06)
Trotta Mundo
Tha Baggios
Maria Rita
Banda Sete Vezes (Tributo ao Rappa)
Sábado (02/06)
Família Grão de Luz e Griô
Banda Spectro
Jau
Banda Zion
Publicidade
Publicidade