Notícias

Complexo Astronômico e Turístico da Chapada Diamantina conquista seu primeiro grande equipamento

Esta semana aconteceu a apresentação oficial do MEADE LX-200,  um telescópio grande porte, que será instalado no Complexo Astronômico e Turístico da Chapada Diamantina. O equipamento foi viabilizado pelo idealizador, principal investidor e responsável por todo o projeto, Antonio Carlos da Graça Souza, pesquisador em astronomia e astrofísica do Instituto de Astronomia e Astrofísica de Feira de Santana.

MEADE LX-200,  o telescópio grande porte que será instalado no Complexo Astronômico da Chapada Diamantina


O que é o Complexo Astronômico e Turístico da Chapada Diamantina?
É um projeto que surgiu em 2018 para a criação de um Observatório Astronômico, Astrofísico, Museu de Astronomia e Ciências afins, Teatro de Realidade Virtual, Experimentoteca e Planetário Digital 3D em 4K de resolução, a ser instalado na cidade de Seabra, na Chapada Diamantina. O objetivo é criar um dos maiores e melhores empreendimentos turísticos, educacionais, culturais, de lazer, entretenimento e pedagógicos do país, capaz de receber turistas e estudantes regionais, nacionais e internacionais.

Vista geral do empreendimento. Projeto virtual: Antonio Carlos G. Souza

O empreendimento será erguido na Serra da Cotreia, nos arredores de Seabra, numa área de 10 mil metros quadrados já disponível para a construção. Será ecologicamente correto e sustentável, com geração própria da energia através de painéis solares fotovoltaicos, aquecimento de água através de coletores solares e tratamento de todo o esgoto e resíduos gerados pelo complexo, evitando a contaminação dos lençóis freáticos da região.

Segundo Sirlene Rosa de Souza, Turismóloga e Chefe de Divisão de Turismo Municipal de Seabra, “com este empreendimento a região dará um salto no Turismo Pedagógico e Científico e terá uma melhora considerável na educação regional.”

Busca por investidores
O projeto está em fase de captação de investidores interessados em estar lado a lado de uma iniciativa séria e promissora, que irá fazer a Chapada Diamantina se desenvolver através do conhecimento. No final de 2018 houve uma reunião na cidade de Seabra para apresentar o projeto a empresários e autoridades locais. Ainda neste semestre, outra reunião será agendada para o encontro de possíveis parceiros. Interessados no projeto que queiram mais informações podem entrar em contato através do e-mail [email protected]

O projeto conta, atualmente, com a parceria de:
IAA – Instituto de Astronomia e Astrofísica de Feira de Santana
Prefeitura Municipal de Seabra

SEBRAE – Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas
ACISE – Associação Comercial e Industrial de Seabra.


Sobre o telescópio
Considerada a “Ferrari” dos telescópios, a MEADE é a maior fabricante de telescópios profissionais do mundo, estando presente há décadas em grandes observatórios espalhados pelo planeta.
É o terceiro maior telescópio em diâmetro e o segundo em poder de aumento entre as regiões norte, nordeste, centro oeste e sul. É totalmente robotizado e computadorizado, capaz de ser operado remotamente à distância de qualquer parte do mundo.

É de fabricação norte americana da marca MEADE LX-200 de 16 polegadas, cerca de 0,41 m de diâmetro. Um telescópio do tipo Schmidt-Cassengrain cuja óptica é de alta precisão, composto de um sistema conhecido como (UHTC) Ultra-Hight Transmission Coatings ou seja, “Revestimento de Ultra-Alta Transmissão” que permite melhor contraste e qualidade nas imagens. Possui ainda um sofisticado sistema de correção de imagem conhecida como (ACF) Advanced Coma-Free, que tornam as imagens das estrelas ainda mais nítidas e puntiformes.
Além da utilização deste equipamento para professores e alunos da educação básica, serão realizadas com ele pesquisas em astrometria, fotometria e espectroscopia de objetos celestes. Dentre estas pesquisas estão: Observações e pesquisas de Exoplanetas, Estrelas Variáveis, Estrelas Duplas Visuais, Dinâmica dos Satélites de Júpiter, asteroides, cometas, observações solares e outras pesquisas de cooperação internacional.


Primeiras imagens
Vejam a seguir as primeiras imagens tiradas pelo nosso telescópio, em 2018, na área rural do distrito de Jaíba em Feira de Santana, local bem distante das luzes da cidade.

Planeta Júpiter e o satélite ao seu lado

Planeta Marte

 

Nebulosa M42 no Orion, Cabeça de Cavalo, na Constelação de Orion

 

Nebulosa da Roseta, próxima da constelação de Monoceros, conhecida como Caldwell 49

Nebulosa M42, na Constelação de Orion



Novos equipamentos
“Em breve iremos apresentar um moderno e sofisticado telescópio solar que integrará também os equipamentos do Complexo Astronômico”, conta Antonio Graça.
Vamos aguardar!!

Foto de destaque William Lima

Publicidade
Publicidade