Notícias

Chuva apaga o fogo e os rios voltam a encher

Cachoeirinha. Foto: Thiago de Freitas

A Cachoeirinha cheia de água, no Rio Lençóis, após muita chuva de madrugada.

Depois de quase uma semana de chuvas, nesta quinta-feira (08), o chefe do Instituto Chico Mendes, órgão que controla o Parque Nacional da Chapada Diamantina, Bruno Lintomem, afirmou que não existem mais focos de incêndio na região.

O órgão dispensou todo o efetivo de apoio, como as aeronaves e brigadistas. Os prejuízos para a natureza ainda não foram calculados. “Estamos em fase de balanço, fazendo um mapeamento das áreas que foram atingidas e quais foram os reais estragos”, afirma Bruno.

No dia 2 de outubro, o governador do Estado da Bahia, Jaques Wagner, decretou estado de emergência em 60 municípios da Chapada Diamantina e do Oeste baiano, devido à longa estiagem e ao fogo que estava assolando diversas localidades, inclusive áreas de proteção ambiental.

Boa notícia

A boa notícia é que nenhum atrativo natural foi atingido e as águas voltaram a correr forte nos rios da região. Pontos turísticos importantes como a Cachoeira da Fumaça, a do Sossego, as Águas Claras, o Morrão e o Vale do Pati continuam intactos.

Publicidade
Publicidade