A pequena vila do município de Palmeiras é vista por muitos visitantes como santuário  ecológico. Sua proximidade com a natureza preservada do Parque Nacional trouxe, nas últimas décadas, milhares de pessoas interessadas no desenvolvimento de uma cultura alternativa e ecológica. O povoado concentra médicos naturalistas, massagistas, praticantes de xamanismo,

artistas diversos e moradores locais conhecedores de plantas para fins medicinais e culinários.

Ainda hoje o Vale atrai muitos visitantes de todas as partes do mundo, que passam longas temporadas, trabalhando com autoconhecimento, espiritualidade, contemplação e sustentabilidade. Essa cultura se reflete no grande número de casas e pousadas bioconstruídas: erguidas sem cimento, com madeiramento de reuso, suspensas em árvores, com sistemas sanitários ecológicos e cheias de intervenções artísticas.

É possível fazer os tradicionais passeios de ecoturismo no Capão e ainda provar delícias locais, como o pastel de palmito de jaca e a pizza integral, além de boas opções para vegetarianos e veganos. 

Há acesso para alguns dos lugares mais famosos da região, como o Vale do Pati, a Cachoeira da Fumaça e o Morrão. O evento cultural que mais chama a atenção dos turistas é o Festival de Jazz, com shows de artistas consagrados da música instrumental. 

Publicidade
Publicidade