Notícias

sábado, 18 fevereiro, 2012 às 13:45 | Atualizado em: 18 fevereiro, 2012 às 13:45

Vale do Pati



A maioria dos turistas que já fizeram o trekking, afirmam que é um dos melhores roteiros da Chapada Diamantina, ou mais: a sua beleza cênica é comparada às trilhas mais belas do mundo, como Machu Picchu, no Peru, e Santiago de Compostela, na Espanha.O Pati fica escondido no meio do Parque Nacional da Chapada Diamantina, entre os municípios de Andaraí e Mucugê. O roteiro mais procurado possui duração de cinco dias, com caminhada média de 80 km. A trilha pode começar no Vale do Capão e terminar em Andaraí, passando pelos Gerais do Vieira, Gerais do Rio Preto, Morro do Castelo e Cachoeirão, que possui mais de 150 metros de desnível. Ela se caracteriza por caminhadas em extensas áreas planas, porém com alguns momentos de subidas e descidas íngremes e passagens por leitos de rios. Quem faz essa trilha diz que, além de ser deslumbrante, ela proporciona momentos de reflexão e auto conhecimento.

O que torna o trekking do Vale do Pati uma experiência única é passar quase uma semana em um local isolado, onde os automóveis não chegam e não existe sinal de celular ou internet. Além de poder se hospedar e fazer as refeições na casa de nativos. É uma oportunidade de sentir um pouco da vida bucólica e aproveitar o clima nostálgico sob a luz das velas e das lamparinas.

Sua beleza cênica é comparada às trilhas mais belas do mundo, como Machu Picchu, no Peru, e Santiago de Compostela, na Espanha.

A maioria dos turistas que já fizeram o trekking, afirmam que é um dos melhores roteiros da Chapada Diamantina, ou mais: a sua beleza cênica é comparada às trilhas mais belas do mundo, como Machu Picchu, no Peru, e Santiago de Compostela, na Espanha.
O Pati fica escondido no meio do Parque Nacional da Chapada Diamantina, entre os municípios de Andaraí e Mucugê. O roteiro mais procurado possui duração de cinco dias, com caminhada média de 80 km. A trilha pode começar no Vale do Capão e terminar em Andaraí, passando pelos Gerais do Vieira, Gerais do Rio Preto, Morro do Castelo e Cachoeirão, que possui mais de 150 metros de desnível. Ela se caracteriza por caminhadas em extensas áreas planas, porém com alguns momentos de subidas e descidas íngremes e passagens por leitos de rios. Quem faz essa trilha diz que, além de ser deslumbrante, ela proporciona momentos de reflexão e auto conhecimento.O que torna o trekking do Vale do Pati uma experiência única é passar quase uma semana em um local isolado, onde os automóveis não chegam e não existe sinal de celular ou internet. Além de poder se hospedar e fazer as refeições na casa de nativos. É uma oportunidade de sentir um pouco da vida bucólica e aproveitar o clima nostálgico sob a luz das velas e das lamparinas.

[nggallery id=29]



Mais redes sociais:

Conte pra nós

O que você gostaria de fazer na Chapada Diamantina?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

Previsão
do tempo