Notícias

sexta-feira, 9 fevereiro, 2018 às 21:39 | Atualizado em: 9 fevereiro, 2018 às 21:39

Vale do Capão terá monitoramento durante o carnaval

Monitores estarão nas trilhas e no trânsito para garantir a qualidade da visitação, a segurança dos turistas e a preservação dos atrativos do Parque Nacional


Com informações do ICMBio


O Vale do Capão é uma das localidades da Chapada Diamantina mais procuradas pelos turistas, o que tem se intensificado a cada ano, em especial nos feriadões. Por isso, visando garantir a qualidade da visitação, a segurança e a preservação da biodiversidade, começa a ser realizado hoje (09), até a quarta-feira de cinzas, uma campanha de monitoramento das trilhas e do trânsito.

Durante a ação, os visitantes serão informados sobre as normas do Parque Nacional da Chapada Diamantina (PNCD) e orientados sobre as condutas de mínimo impacto. Os monitores farão ainda a contagem de visitantes nos atrativos e estarão equipados com rádios para facilitar a comunicação em caso de acidentes ou de alguma ocorrência.

A equipe de fiscalização do Parque Nacional e a Polícia Ambiental (CIPPA) também fazem parte da operação e estarão presentes para dar apoio aos monitores. “O objetivo principal é conscientizar os visitantes de que estão em uma Unidade de Conservação e que isso requer alguns cuidados, como não deixar lixo, dejetos, não fazer fogueiras ou mesmo não consumir bebidas alcoólicas”, explica Marcela de Marins, analista ambiental do ICMbio.

“O Vale do Capão é um lugar reconhecido pela sua beleza exuberante e por proporcionar grande bem-estar aos turistas, por isso, estamos realizando um esforço conjunto entre órgãos e entidades para manter a organização do destino”, explica Marcelo Issa, Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico Sustentável de Palmeiras.  A ação inédita irá proporcionar ao visitante o monitoramento em praticamente todos os atrativos do município de Palmeiras.

Os parques municipais, do Riachinho e do Pai Inácio, e a Cachoeira da Fumaça já possuem monitoramento constante. No feriado, a ação será expandida para os três pontos do vale que dão acesso aos demais atrativos do Parque Nacional: na entrada da trilha da cachoeira das Angélicas, da Purificação e do Vale do Pati; na trilha para as Rodas, Rio Preto e Poço do Gavião e Águas Claras.

Além dos atrativos naturais, na vila, os motoristas também serão orientados para não pararem em locais proibidos, respeitar o sentido das vias e assim, melhorar o fluxo de veículos, já que as ruas do Capão costumam ficar congestionadas nessas épocas.

A ação é da Prefeitura Municipal de Palmeiras em parceria com o ICMBio e o apoio da CIPPA, Associação de Condutores do Vale do Capão (ACV-VC) e Junta Independente Voluntária Ambiental (JIVA).

Antes de ir para a trilha, confira as normas de mínimo impacto:

Não faça fogueiras: Fogueiras são prejudiciais à natureza e proibidas em todo Parque Nacional. Utilize um fogareiro para cozinhar.

Leve seu lixo de volta: o lixo não volta sozinho! Carregue seu lixo com você até encontrar uma lixeira fora do Parque Nacional.

 Para ir ao banheiro: evacue a pelo menos 60 metros de qualquer fonte de água e trilhas. Enterre o papel higiênico junto com as fezes.

Não consuma bebidas alcoólicas: o ambiente natural apresenta alguns riscos intrínsecos e requer atenção redobrada. O consumo de álcool altera os sentidos, aumentando ainda mais as chances de um acidente.

Acampamentos: é proibido acampar na região das Águas Claras. No Vale do Pati utilize os acampamentos da Igrejinha, Escolinha, Prefeitura e a proximidade das casas dos moradores. Não acampe na beira de rios, em cavernas e não crie novos acampamentos.

Não utilize equipamentos sonoros: o volume do seu rádio afeta o ecossistema e pode incomodar os demais visitantes. Aprecie o som da natureza!



Mais redes sociais:

Conte pra nós

O que você gostaria de fazer na Chapada Diamantina?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

Previsão
do tempo