Notícias

quarta-feira, 2 novembro, 2011 às 12:26 | Atualizado em: 2 novembro, 2011 às 12:26

Um dos maiores nomes da percussão mundial, Guem



No dia 18 de fevereiro às 20h em praça pública do Vale do Capão, acontece o show de Guem, um dos maiores percussionistas africanos vivos!  Nos dias 19 e 20, serão realizadas oficinas de percussão, abertas pra todo o público .Nascido na Argélia, descendente de nigerianos, Guem toca praticamente todos os instrumentos de percussão. Extremamente musical, o mestre se apodera muito mais das possibilidades sonoras harmônicas dos instrumentos do que das possibilidades rítmicas óbvias que os tambores oferecem.

Radicado na França, além de acompanhar grandes nomes da música do mundo, ministra cursos de percussão e dança – duas artes indissociáveis segundo seu olhar – e como autodidata, continua se aprimorando em todas as percussões do mundo.

“A técnica é indispensável, mas para nos tornarmos músicos devemos ultrapassá-la” (Guem).’

É difícil apresentar algumas linhas de um artista tão complexo capaz de reproduzir quase todos os instrumentos de percussão. Guem está imerso desde cedo no mundo da percussão. Sua tradição familiar centrado em torno da música percussiva lhe dá grandes segredos do diwan. Ele chegou à França nos anos 60 para começar uma carreira como jogador profissional de futebol, ele rapidamente percebe que seu futuro está intimamente ligado à percussão.

Quem é Guem? O percussionista Guem é um dos maiores músicos africanos vivos. Depois de uma temporada no Centro Americano em Paris, que lhe permite tocar com a nata dos músicos de jazz francês e americano, ele decidiu começar uma carreira de verdade, e não como um acompanhante, mas como um verdadeiro mestre da percussão. Com cerca de trinta discos lançados desde meados dos anos 70, milhares de aulas de dança e percussão, concertos ao redor do mundo, Guem ainda mantém o mesmo desejo: dar o lugar a percussão melódica a musical real (e não exclusivamente o ritmo). Entre a força e a doçura, melodia e ritmo, alegria e espiritualidade, tristeza e paixão Guem é um personagem no mundo da percussão.

Por aqui Guem ficou conhecido quando, no inicio dos anos 80, após uma temporada de 6 meses no Brasil, gravou o disco “O Universo Rítmico de Guem”. O disco é uma referência mundial da percussão, e antes de ser relançado em CD, o vinil era considerado “artigo de colecionador”. Nascido na Argélia, descendente de nigerianos, Guem toca praticamente todos os instrumentos de percussão. Extremamente musical, o mestre se apodera muito mais das possibilidades sonoras harmônicas dos instrumentos do que das possibilidades rítmicas óbvias que os tambores oferecem.

Radicado na França, alem de acompanhar grandes nomes da musica do mundo, ministra cursos de percussão e dança – duas artes indissociáveis segundo seu olhar – e como autodidata, continua se aprimorando em todas as percussões do mundo. Aprende as coreografias e os ritmos, em salas de espetáculos, brincando de tocar em seus próprios joelhos.

Link para conhecer um pouco mais sobre Guem:

Músicas: http://www.myspace.com/guemworld

Fotos: http://www.guem-guem.com/Photos/index.html

Vídeos relacionados:
Guem solo de Derbouka
http://www.youtube.com/watch?v=h3CnPXL0mms&feature=player_detailpage

Virada Cultural de São Paulo TV Cultura
http://www.youtube.com/watch?v=Epxs1NQ_kjc&feature=player_detailpage

ESPN
http://www.youtube.com/watch?v=FE0KC_2Mmvg&feature=player_detailpage

Oficina Guem Associação Cultural Cachuera com incentivo do Governo do Estado de São Paulo
http://www.cachuera.org.br/cachuerav02/index.php?option=com_content&view=article&id=536&Itemid=113

Discografia (CDs e DVDs)
http://www.guem-guem.com/Actualites/Albums-de-Guem/index.html



Mais redes sociais:

Conte pra nós

O que você gostaria de fazer na Chapada Diamantina?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

Previsão
do tempo