Notícias

sábado, 25 agosto, 2018 às 15:04 | Atualizado em: 29 agosto, 2018 às 16:12

Tudo o que você precisa saber sobre Mucugê!

A cidade mais charmosa da Chapada Diamantina


Redação Flora


Ideal para visitantes de todas as idades, Mucugê vem revelando-se como um município com grande inclinação para a cultura e os esportes. A organização de diversos festivais como: gastronômico, literário, de forró, de coral, além de eventos esportivos como corridas de montanha e mountain bike vem aumentando significantemente a ocupação da cidade, assim como sua estrutura receptiva de forma geral.

Largada do Desafio Paraguaçu de MTB em 2015 | Foto: Divulgação

Show musical na Fligê 2017. Foto: Divulgação

Próximos eventos em Mucugê:
Fligê 2018
II Festival Gastronômico da Chapada Diamantina
II Festival de Forró da Chapada

A atmosfera é típica do interior: temperatura amena, casario colonial delicado e preservado, ruas arborizadas e praças floridas. Tombada como Patrimônio Histórico Nacional, ela está localizada mais ao centro do Parque Nacional da Chapada Diamantina e proporciona um turismo tranquilo e aconchegante.

Praça central. Foto: Caiã Pires

Programe sua viagem! Conheça opções de hospedagemagências de turismo, restaurantes e lojas em Mucugê.

Circundada por montanhas, a cidade revela um grande patrimônio natural, sendo mais da metade do seu território coberto pelo Parque Nacional, onde são encontradas inúmeras cachoeiras, rios e uma rica fauna e flora; berço de espécies vegetais endêmicas, como o fruto Mucugê, que dá o seu nome, e uma única espécie de flor, a Sempre Viva de Mucugê.

Mucugê vista de cima. Foto: Açony Santos

Das cidades que compõem o circuito turístico da região, é lá onde o turista pode fazer uma imersão na história e cultura local, nada mais natural, já que foi o lugar da descoberta dos primeiros diamantes da Chapada Diamantina, em 1844. Momento em que se inicia o Ciclo Diamantífero, uma corrida desenfreada pela pedra preciosa, com um passado cheio de aventuras, batalhas e coronéis, que perdurou por mais de um século.

Para conferir mais detalhes dessa história, reserve um dia somente para isso. Fique tranquilo que na Chapada até os roteiros culturais são permeados por banho de rio e cachoeira. O Parque Sempre Viva é o principal atrativo municipal e, seguramente, o mais completo. Localizado a 4 km da cidade, lá você irá encontrar muita informação sobre a região, através de uma apresentação panorâmica e elucidativa feita por guias nativos.

Parque Sempre Viva. Foto: Thais de Albuquerque

Parque Sempre Viva. Foto: Thais de Albuquerque

Além da viagem pelo tempo, você também terá acesso a alguns conhecimentos botânicos, já que foi fundada, em 1996, para proteger de extinção a espécie nativa de sempre viva. Estão expostos buquês com mais de trinta anos de existência, com flores que ainda abrem e fecham de acordo com o clima, e no laboratório de pesquisas também estão disponíveis diversas espécies da planta.

Centro de pesquisas no Parque Sempre Viva. Foto: Thais de Albuquerque

Depois do mergulho teórico, é hora de partir para a prática. Em poucos minutos, dentro da área do parque, percorra uma trilha, acessível para idosos e crianças, até a cachoeira da Piabinha e, mais um pouquinho, até o Rio Tiburtino, que possui uma pequena queda d´água e proporciona um delicioso poço para banho.

Rio Tiburtino, no Parque Sempre Viva. Foto: Branco Pires

Finalizado o momento de relaxamento, continue o passeio cultural no Museu Vivo do Garimpo, localizado a poucos minutos do parque. Sediado em uma casa de pedra com um jardim de plantas nativas na frente, ele apresenta mais detalhes sobre o universo da extração do diamante, como o maquinário utilizado antigamente para lapidar a pedra e transformá-la em almejados brilhantes e uma réplica do maior diamante encontrado no mundo.

Museu do Garimpo. Foto: Thais de Albuquerque

Museu do Garimpo. Foto: Thais de Albuquerque

Museu do Garimpo. Foto: Thais de Albuquerque


Natureza e aventura
Quem curte trilhas e cachoeiras pode aventurar-se em muitos atrativos naturais nas redondezas de Mucugê. Aí vão algumas sugestões de roteiro que você pode agendar com a agência KM Turismo:

Cachoeira dos Funis, das Andorinhas e Cânion das Sete Quedas
Em apenas um roteiro é possível visitar os três atrativos. O primeiro é a Cachoeira dos Funis. Em seguida, percorre-se o Cânion das Sete Quedas d’água, e por último, chega-se à Cachoeira das Andorinhas, que oferece hidromassagem natural.

Cachoeira do Funil. Foto: Caiã Pires

Mar de Espanha e Cachoeira da Sibéria
Os atrativos ficam situados em um velho garimpo, com antigas habitações. O acesso é realizado de carro ou bicicleta até as margens do Mar de Espanha, um grande lago, onde é possível fazer a primeira parada para contemplação e banho de rio. Depois, segue-se por uma trilha até a Cachoeira da Sibéria, com vários poços para banho.

Mar de Espanha. Foto: Thalison Ribeiro

Cachoeira do Cardoso
A queda d’água de poucos metros forma um agradável poço para banho e reserva um lugar aconchegante para descanso e contemplação. De acesso fácil e próximo à cidade, é um passeio recomendado para todas as idades. No caminho, o visitante pode apreciar as vistas para os vales dos rios Mucugê e Cumbucas.

Cachoeira do Cardoso. Foto: Thalison Ribeiro

Cemitério Bizantino
Outro atrativo que vale à pena conhecer é o Cemitério Santa Izabel, o único cemitério bizantino do Brasil. Construído de 1854 a 1886, este cemitério está na encosta rochosa da Serra do Sincorá. A escolha do lugar foi resultado da presença de uma epidemia de cólera, que levou a igreja a proibir os enterros no templo religioso. O arranjo paisagístico integra os mausoléus, que lembra as “locas” ou “tocas”, antigas habitações dos garimpeiros.

Cemitério Santa Izabel. Foto: Caiã Pires

Onde comer
Aí vão algumas dicas de restaurantes pra você recuperar as energias, após os dias longos de passeios:

Point da Chapada Restaurante e Pizzaria

Guia-Chapada-Diamantina-Mucuge-Point-da-Chapada

Point da Chapada Restaurante e Pizzaria

Localizado na Praça dos Garimpeiros, o Point da Chapada possui ambiente charmoso e aconchegante. A casa possui cardápio variado, com carnes, peixes, massas, risotos e irresistíveis pizzas. Com capacidade para 150 pessoas, estrutura ampla e confortável, possui opções de ambientes para realização de eventos fechados, conexão Wi-Fi e estacionamento.

Pizzaria Garagem

Pizzaria Garagem

Pizzaria Garagem

Saboreie uma pizza tradicional italiana feita no forno à lenha, com sabor caseiro e ambiente tranquilo.

Restaurante Sabor e Arte

Restaurante Sabor e Arte

Restaurante Sabor e Arte

O maior restaurante da cidade, com cardápio bem variado. Aberto para almoço e jantar, a casa oferece carnes, saladas, massas e delicias regionais, com opções à la carte a quilo.

Sabor de Picanha

Sabor de Picanha

Sabor de Picanha

Quem aprecia um bom churrasco deve conhecer este restaurante! Como o nome já diz, a picanha é a especialidade da casa. Durante o almoço, sistema self service e à noite, somente à la carte.

Guia Chapada Diamantina #7 com FRETE GRÁTIS
Gostou? Veja este e outros atrativos além de fotos, dicas, roteiros e muito mais em nosso Guia Impresso. Além de tudo, ele vem com o pôster gratuito do mapa do Parque Nacional e das cidades e vilas. Aproveite o frete grátis para todo o Brasil!

Guia Chapada Diamantina – sétima edição + pôster com mapa GRÁTIS!

 



Mais redes sociais:

Conte pra nós

O que você gostaria de fazer na Chapada Diamantina?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

Previsão
do tempo