Notícias

quinta-feira, 31 maio, 2018 às 18:09 | Atualizado em: 4 junho, 2018 às 15:37

Exposição “Navio Negreiro: Castro Alves e Hansen Bahia” é inaugurada em Lençóis

Obras retratam a escravidão no Brasil através da arte e da poesia


Redação Flora


29

A Casa de Cultura e Memorial Afrânio Peixoto, em Lençóis, inaugura nesta segunda-feira, 28 de maio, a “Exposição Navio Negreiro: Castro Alves e Hansen Bahia”, a partir das 19h00 e é aberta ao público. A Exposição é itinerante  e após passar por 12 cidades, encerra a edição em Lençóis. Durante o evento, será discutida a escravidão e a situação das comunidades negras no período pós-abolição da Chapada Diamantina.

Exposição Navio Negreiro – Foto: Ascom Fundação Pedro Calmon

Veja aqui opções de hospedagem, agências de turismo, restaurantes e lojas em Lençóis.

A exposição traz obras do pintor alemão Hansen Bahia, com 20 xilogravuras inspiradas pelo poema do baiano Castro Alves “Os Escravos” e retrata a situação de desumanidade sofrida pelos africanos, retirados de suas terras e trazidos pelos navios negreiros no tráfico transatlântico de escravos. “A mostra tem o objetivo de levar a população a fazer uma reflexão sobre esse marco. A história precisa ser pensada e discutida nos dias de hoje. Por isso, a exposição itinerante levará debates e discussões sobre o que foi a escravidão”, destaca Rafael Fontes, diretor do CMB.

Obra de Hansen Bahia, parte da Exposição Navio Negreiro

Obra de Hansen Bahia, parte da Exposição Navio Negreiro

Obra de Hansen Bahia, parte da Exposição Navio Negreiro

Obra de Hansen Bahia, parte da Exposição Navio Negreiro

Imortal baiano, Castro Alves foi um poeta lírico e social. Entre os seus principais versos, em abril de 1868 ele escreveu os que formaram o poema abolicionista: O navio negreiro. A obra descreve imagens de violência contra africanos que foram obrigados a virem para uma nova terra, a bordos dos navios negreiros, onde a única lembrança que tinham de suas origens eram as suas memórias.

Quase um século depois, em 1959, o artista alemão Hansen Bahia, inspirado pelo poema de Castro Alves, ilustrou toda a obra do poeta baiano, “ninguém nunca ilustrou um poema inteiro. Ver Hansen e ler Castro Alves é um exercício ético e estético absolutamente necessário e contemporâneo”, destaca Ayrson Heráclico curador da exposição.

A exposição estará aberta ao público até o dia 02 de julho. Confira!

SERVIÇO
Evento: Exposição Navio Negreiro: Castro Alves e Hansen Bahia
Local:  Casa de Cultura e Memorial Afrânio Peixoto, em Lençóis
Endereço: Praça do Rosário – Centro Histórico
Entrada: Gratuita
Mais informações:  (75) 3334-1728

 



Mais redes sociais:

Conte pra nós

O que você gostaria de fazer na Chapada Diamantina?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

Previsão
do tempo