Notícias

segunda-feira, 9 outubro, 2017 às 10:16 | Atualizado em: 9 outubro, 2017 às 12:04

Conheça o casal que abandonou o mundo corporativo para fabricar cerveja na Chapada

Fabiana e Cláudio saíram de São Paulo para viver um sonho e deu certo!


Redação Flora


cerveja-chapada-5

Fabi. Cláudio e a Cerveja Chapada. Foto: Acervo.

Ela era geóloga e trabalhava como consultora ambiental. Ele gerenciava projetos em uma empresa de gramados esportivos. Vivendo a dinâmica da capital paulista, o casal estava cada vez mais determinado a mudar de vida. Até que duas paixões surgiram, juntas, como a luz no fim do túnel: cerveja e natureza. Os detalhes desta história você vai saber agora, nesta entrevista com Cláudio e Fabi, os criadores da Cerveja Artesanal Chapada.

O que os atraiu para a Chapada Diamantina?
Sempre demos prioridade à natureza na hora de escolher nossos destinos de férias e a Chapada Diamantina estava no topo da lista. Adquirimos o Guia Chapada Diamantina para planejar nossa viagem, em 2012, e passamos 20 dias aqui. Foi incrível! Voltamos para São Paulo com um sonho em mente, que com o tempo virou um projeto e, hoje é uma realidade.

O que os atraiu para o universo cervejeiro?
A gente adora cerveja e tomava as marcas comuns mesmo, rs. Em 2002, Cláudio passou uns meses em Portugal, onde pôde conhecer novas marcas e novos estilos. De volta ao Brasil, começamos a procurar bares onde pudéssemos experimentar as cervejas especiais, até descobrirmos que era possível fabricar cerveja em casa (!!!). Então, procuramos um curso básico e iniciamos nossa aventura cervejeira como hobby.

Como foi a criação das primeiras receitas?
Foram baseadas nas receitas mais fáceis que aprendemos no primeiro curso. Apesar de não ficarem muito boas, nossos amigos gostavam (eles não entendiam muito, rsrs). Mas fomos aprimorando as técnicas, buscando cursos mais avançados e específicos, até que nossas cervejas começaram a ganhar qualidade e passamos a enxergar a brincadeira como oportunidade de negócio.

O que significa produzir uma cerveja de “alta qualidade”?
Significa produzir com equipamentos e instalações projetados para atender aos rígidos padrões de qualidade exigidos pelos órgãos que controlam a fabricação de cervejas no Brasil. Além disso, priorizar a qualidade dos insumos, a limpeza dos equipamentos e as técnicas corretas. E tudo isso a gente faz, direitinho!

guia-chapada-diamantina-cerveja-artesanal-chapada-producao

Insumos e equipamentos da cervejaria. Fotos: Acervo.

Quais os diferenciais vocês apontariam sobre o produto em relação a outras cervejarias nacionais?
Primeiro, os segredos de receitas que todo cervejeiro tem. Segundo, a sustentabilidade. O negócio não pode ser satisfatório somente para nós. Tem que ser bom para as pessoas e o meio ambiente no entorno, ainda mais em um lugar como esse! Neste aspecto, temos os devidos cuidados com:

– descarte de resíduos líquidos, através de uma pequena ETE – Estação de Tratamento de Efluentes, que fizemos questão de construir, a fim de tratar toda a água utilizada no processo;

– doação do bagaço de malte proveniente da produção para criadores de animais. Além de ser um alimento muito nutritivo, não geramos este lixo;

– busca pelos produtos locais, dando prioridade aos de alta qualidade que a região dispõe, como o mel, que é usado em algumas receitas.

Quais os estilos vocês produzem atualmente?
Wit Bier, American Pale Ale 300mlAmerican Pale Ale 600ml, Tropical Stout e Belgian Blond Ale.
Temos também os estilos sazonais. Esse ano produzimos uma Belgian Golden Strong Ale, para o período do São João, que levou gengibre na receita e foi um sucesso!

guia-chapada-diamantina-cerveja-artesanal-chapada-produtos

Estilos da Cerveja Chapada.

Onde fica a cervejaria? É aberta para visitação?
No distrito de Tanquinho, em Lençóis, à beira da BR 242. Em setembro deste ano abrimos as portas para uma visita pontual, em que recebemos alguns convidados para tomar um Chopp Chapada e conhecer nossa produção e insumos. Em breve, iremos oferecer visitas guiadas para turistas e interessados, além de ministrar workshops para parceiros e seus colaboradores.

Quais as expectativas de mercado quanto à Cerveja Chapada?
A proposta é ser uma cerveja local, ou seja, não pretendemos distribuir em comércios pelo país todo por enquanto, mas quem quiser provar uma de nossas cervejas e ainda não tem previsão para vir pra Chapada, pode encontrar na loja virtual Legítimos da Chapada

E os eventos?
Como consumidores, já participamos de diversos festivais que serviram e servem de know how para quando fazemos nossas exposições.
Já como expositores, estivemos, recentemente, no Festival da Cerveja Artesanal da Chapada Diamantina, que rolou durante o Festival Gastronômico de Mucugê. Lá, dividimos o mesmo balcão com mais 10 cervejarias baianas. Foi tão legal que iremos repetir esse modelo no próximo evento de Mucugê, o Festival de Forró da Chapada Diamantina.
Participamos também durante a Feira Literária de Mucugê, expondo nossas cervejas engarrafadas e na pressão, na Galeria Arte & Memória, na vila de Igatu, que é um lugar mágico!

Então, fica aqui nosso convite aos leitores do Guia Chapada, para nos visitarem lá barracão da cerveja, na praça central de Mucugê, nos dias 12, 13 e 14 de outubro, para beber bem e ainda curtir um forró de primeira na cidade mais charmosa da Chapada Diamantina!

guia-chapada-diamantina-cerveja-artesanal-chapada-eventos

Festival de Cerveja Artesanal, durante o Festival Gastronômico de Mucugê. Fotos: Acervo.


  • Acesse também
    Guia Lençóis

    notícias atualizadas
    semanalmente com
    conteúdos exclusivos.

    Visite
  • Compre o
    Guia Impresso

    Compre aqui e receba em
    casa seu guia com 204
    páginas + pôster com
    mapas!

    Comprar
  • Baixe agora!
    É grátis

    Smartphones
    e tablets

    IOS e ANDROID

    Experimente
  • Loja
    Virtual

    Produtos exclusivos
    da Chapada Diamantina.

    PARA TODO O BRASIL

    Visite

Mais redes sociais:

Conte pra nós

O que você gostaria de fazer na Chapada Diamantina?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

Previsão
do tempo