Notícias

terça-feira, 8 novembro, 2016 às 14:55 | Atualizado em: 8 novembro, 2016 às 15:02

Audiência Pública debate a criação de Unidade de Conservação Ambiental em Andaraí

Caso seja aprovada, a UC vai abranger a região da bacia hidrográfica do Rio Piabas



Nesta próxima sexta-feira (11), a partir das 17h, a Prefeitura Municipal de Andaraí, através da Secretaria de Meio Ambiente e Turismo, realizará uma audiência pública para debater a criação de mais uma Unidade de Conservação Ambiental (UC) no município. O evento será realizado no Centro Cultural Ariadna Fernandes e contará com representantes do trade turístico do município e de cidades vizinhas, além das autoridades locais.

Cachoeira dos Cristais, em Andaraí | Foto: Caiã Pires

Cachoeira dos Cristais, em Andaraí | Foto: Caiã Pires

Caso seja aprovada, a Unidade de Conservação vai abranger uma área vizinha ao Parque Nacional da Chapada Diamantina (PNCD), na região da bacia hidrográfica do Rio Piabas. Segundo Dário Magalhães Dias, Secretário Municipal de Meio Ambiente e Turismo, ficará dentro desta UC, áreas que foram integradas ao município de Andaraí em 2013 e que antes pertenciam ao município de Itaetê, tais como as cachoeiras da Invernada e Bom Jardim . A Unidade de conservação, que ainda não tem nome definido, contará ainda com sítio histórico, com algumas ruínas da época do auge do garimpo, pinturas rupestres e as cachoeiras das Três Barras II, Cristais e Bequinho.

“A ideia da criação de mais uma Unidade de Conservação no município veio da necessidade de preservação de importantes nascentes e áreas de recarga do lençol freático que são afluentes do Rio Paraguaçu e no desenvolvimento social com a promoção do ecoturismo nesta região. Além disso, a criação de uma UC interromperá um ciclo preocupante de especulação imobiliária no local, exploração clandestina de retirada de pedras, degradação e constantes incêndios florestais”, explica Dário.

Dário ainda acrescenta que “a criação da UC dará um novo impulso ao turismo local pois criará uma nova rota que terá possibilidades de visitação e contemplação dos atrativos naturais e históricos, desenvolvimento de pesquisas na área ambiental e fomentará o desenvolvimento de ecoturismo e turismo de base comunitária que existe no entorno, como o destino de Igatu e os assentamentos de reforma Agrária de Salubrinho e Mocambo.”

 

Foto de destaque: Caminho para a Cachoeira do Bequinho, em Andaraí | por Caiã Pires

 



Mais redes sociais:

Conte pra nós

O que você gostaria de fazer na Chapada Diamantina?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

Previsão
do tempo