Atleta realiza salto ornamental a 27 metros no Poço do Diabo « Guia Chapada Diamantina

30/11/2012 ás 13h59

Atleta realiza salto ornamental a 27 metros no Poço do Diabo


O colombiano Orlando Duque, campeão do Red Bull Cliff Diving em 2009, escolheu as cachoeiras da Chapada Diamantina para encarar novos desafios.

Tudo começa a 27 metros de altura. Em três segundos, a velocidade chega a quase 90 km/h e o impacto com a superfície da água equivale a cinco vezes a força gravitacional. No caso do colombiano Orlando Duque, campeão mundial de salto de penhascos nove vezes e campeão do Red Bull Cliff Diving World Series em 2009, este choque é em torno de 350kg.

Este ano, o colombiano veio ao Brasil, mais precisamente na Chapada Diamantina, em busca de pontos para realizar saltos. E, em apenas três dias, conseguiu explorar duas das mais turísticas cachoeiras: o Poço do Diabo, próximo a Lençóis; e o Buracão, no município de Ibicoara.

As belezas – e a comida – da Chapada chamaram a atenção do atleta. A cada novo passo, Duque mostrava-se encantado e ao chegar ao Poço do Diabo não hesitou em pegar a câmera e começar a tirar fotos. Após o momento turista, deu uma olhada no ponto do salto, a cerca de 22 metros de altura, trocou-se e foi para a água com o intuito de verificar a profundidade no ponto em que entraria n’água. Com a certeza de que não teria nenhuma pedra ou qualquer outro objeto submerso, Orlando se colocou a postos para o salto.

Antes do primeiro salto, a tensão era nítida. A 22 metros da superfície da água, o colombiano fez seu ritual, repetindo ainda em terra os movimentos que faria durante a queda e então posicionou-se na ponta do penhasco. Fez o sinal de que estava tudo certo, fez uma contagem regressiva e partiu para seu primeiro voo em solo brasileiro. Após três segundos no ar e voltar a superfície, Duque comemorou, antes de executar mais três saltos no Poço do Diabo.

No dia seguinte, Orlando aproveitou para conhecer um dos pontos mais famosos e emblemáticos da Chapada Diamantina: o Poço Azul. A gruta inundada, com água cristalina que fica com a cor azul ainda mais realçada quando a luz solar toca a superfície, conhecida também por ter sido a casa de um fóssil de uma preguiça gigante por séculos, deixou o colombiano estupefato, mais uma vez. Ao saber que poderia entrar na água, não perdeu tempo, colocou o colete salva vidas obrigatório e mergulhou.

“Quando chego a um local em que tem água, parece que ela me chama. Não importa se tem um ponto para saltar de 27; 30; 50 ou dois metros… a sensação que eu tenho é que preciso saltar”, revelou Orlando, que teve de se contentar em apenas nadar no Poço Azul, sem executar nenhum salto.

Assista ao vídeo:

Salto no Buracão

No dia seguinte, o colombiano encarou duas horas de estrada, das quais uma para percorrer 30 km em terra, e mais uma hora de caminhada para chegar à Cachoeira do Buracão. Com seus 90 metros de altura, a queda deixou Duque boquiaberto, de novo. O caminho por um cânion até o poço localizado abaixo da cascata dão ainda mais imponência ao local. “Estes lugares são fantásticos. O Buracão é incrível. Mesmo do topo da cachoeira senti aquela sensação em que a minha cabeça dizia ‘Não! Não dá para saltar daqui’, mas, por outro lado, alguma outra coisa dentro de mim falava ‘Dá sim!’ (risos)”, comentou.

Para chegar ao ponto em que faria o salto, Duque precisou de um sistema usado por escaladores conhecido como jumarear, em que utilizava cordas com ascensores para subir os cerca de 20 metros. A cansativa subida logo era compensada, principalmente, ao entrar na água. “Toda vez que eu subo para saltar penso comigo mesmo: ‘Esta é a última que subo!’, mas aí quando salto penso: ‘Quero ir de novo!’”, contou com um sorriso no rosto, antes de fazer uma avaliação final dos dias na Chapada Diamantina.

“Ter a oportunidade de vir ao Brasil é como uma recompensa, depois de uma temporada em que tive de me superar (devido à lesão no tornozelo). Por isso, ter a chance de estar aqui na Chapada Diamantina e conhecer estes lugares incríveis, com certeza é uma experiência que vou levar comigo para sempre”, concluiu.

Fonte: www.redbull.com.br

 







Localização:


Localização


Desenvolvido por:

Flora Comunicação Agência digital Z.W.A